pular introdução

Loading...

O que é uma cicatriz? Onde ela dói mais: no corpo ou em um lugar intangível? Que história ela esconde ou, pelo contrário, revela?

Uma cicatriz é a herança indesejada de uma brincadeira infantil, um espelho nefasto com o qual se tem de aprender a conviver, responderia Berta Schirmer, uma das personagens desta reportagem sobre pessoas que carregam no corpo as marcas de dramas e tragédias particulares. Dói mais apenas senti-la e não poder vê-la, diria Luis Fernando Dornelles, um exemplo de que o tamanho do corte na pele é, não raro, o menor dos problemas.

Provocadas por acidentes, doenças, crimes e outros tipos de violência, cicatrizes representam, muitas vezes, uma interrupção, uma ruptura na trajetória de quem as levará dali em diante. A vida se divide entre antes e depois da cicatriz para Germano Hofler e Carlena Weber, que, na juventude, viram-se impedidos de andar com as próprias pernas — o que não significa que, hoje, encarem o mundo com mágoa. Ambos são modelos de motivação.

Cicatrizes também podem significar recomeço, sobrevivência. Maria Vitória e Maria Esperanza, hoje com 9 anos, nasceram de novo quando uma cirurgia as separou, seis meses após o parto das siamesas. Artur está recém aprendendo a lidar com a incisão na lateral do tronco que lhe permitiu, aos 11 anos, começar a ser criança.

Nesta reportagem, você terá acesso a vídeos com depoimentos dos entrevistados e conhecerá outros três personagens: Carolina, vítima de um crime passional; Gregório, ainda hoje torturado pela memória dos tempos de ditadura militar; e Pablo, o residente em cirurgia cardíaca que, ele próprio um transplantado, só mostra para pacientes inseguros a cicatriz de 14 centímetros no seu peito.

Conheça as histórias

Textos | Luísa Martins

Edição | Ticiano Osório

Edição Digital | Greyce Vargas

Imagens | Júlio Cordeiro

Edição de vídeos | Bárbara Muller e Luan Ott

DESIGN E DESENVOLVIMENTO | Diogo Perin

 

 

Agradecimentos

Coletivo Feminino Plural, Fundação Thiago de Moraes Gonzaga, Hospital Cristo Redentor, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Instituto de Cardiologia, Instituto do Câncer Infantil, ONG Movimento de Justiça e Direitos Humanos, Projeto Rumo Norte e Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre.

 
MENU  ESPECIAIS ZH

Últimos Especiais  ZH