Voltou

Página "Criança Viada" é reativada no Tumblr

Site, que inspirou uma das obras acusadas de apologia à pedofilia na "Queermuseu", havia sido tirada do ar na última quinta-feira (14)

15/09/2017 - 09h20min | Atualizada em 18/09/2017 - 18h22min
Página "Criança Viada" é reativada no Tumblr Divulgação/Santander Cultural
Foto: Divulgação / Santander Cultural  

Após sair do ar na última quinta-feira (14), o tumblr Criança Viada foi reativado na madrugada desta sexta (15). O site inspirou uma das obras acusadas de apologia à pedofilia na Queermuseu - Cartografias da Diferença na Arte Brasileira. Desativada desde 2014, a página voltou a funcionar na última quarta (13) como forma de apoio à exposição, encerrada precocemente pelo Santander Cultural, no último domingo (10). A previsão era que o site ficasse ativo até oito de outubro, data em que a Queermuseu ficaria originalmente em exposição. 

O Criança Viada reúne imagens enviadas por seguidores de quando eram crianças e apresentavam traços e trejeitos não heteronormativos. As fotos serviram de referência para as telas pintadas por Bia Leite na mostra. Em entrevista à ZH, Bia explicou que a intenção do trabalho era celebrar esses traços que durante toda a infância foram motivo de xingamento e violência. 

Leia também
"Queermuseu": Justiça nega liminar que pedia reabertura da mostra
"Queermuseu": conheça 10 importantes artistas e suas obras que estavam expostas
"Queermuseu": quais são e o que representam as obras que causaram o fechamento da exposição

Iran Giusti, criador do projeto, postou em seu Facebook um print de um e-mail do tumblr informando os motivos pelos quais o site foi tirado do ar. "Nós não permitimos conteúdo inapropriado envolvendo menores", diz a mensagem, que ainda informa que "a posse e a distribuição de pornografia infantil não são apenas uma violação das políticas do Tumblr, mas também um crime muito sério". 

Procurado por ZH, Iran afirmou que o site saiu do ar após denúncias e que tentaria entrar em contato com a empresa por meio do escritório brasileiro do Yahoo, já que a Tumblr não opera mais no país. 

– É o que a gente passa sempre. É luta, é resistência. Muita gente têm falado de abrir em outras plataformas, mas eu só vou abrir se eu tiver o apoio oficial da outra plataforma, para não passar por isso de novo. A gente já entrou em contato com outras plataformas e estamos vendo para ter uma conta verificada, para não sofrer mais ataque, ou, se sofrer, não sair do ar. 

Iran ainda afirmou que a intenção é reativar o tumblr, que culminaria, no dia oito de outubro, em um evento em São Paulo sobre infância e homossexualidade.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.