Fuga em Seis Frames

Artistas pintam desenho com diferentes leituras em muro da Cidade Baixa

Exposta na João Alfredo, imagem de um coelho muda a partir da distância do observador

14/01/2012 | 06h40
Artistas pintam desenho com diferentes leituras em muro da Cidade Baixa Tárlis Schneider/Agencia RBS
Mateus Grimm e Renan Santos são os autores da obra "Fuga em Seis Frames" Foto: Tárlis Schneider / Agencia RBS

Uma obra livre para interpretações e sem rótulos. Esse foi o resultado da pintura de um coelho, elaborada pelos artistas Mateus Grimm e Renan Santos no muro do Simpa, localizado no começo da Rua João Alfredo. A intervenção "Fuga em seis frames", criada para o projeto Artemosfera, apresenta um detalhe peculiar: a possibilidade de diferentes leituras, dependendo da distância do observador.

De acordo com Renan, normalmente as pinturas em grande escala são feitas para serem apreciadas à longa distância. No trabalho em conjunto com Mateus Grimm, optou por impactar tanto os que passam de carro como os transeuntes. De longe, um animal totalmente inofensivo, em tons que variam do branco ao rosa. De perto, rostos de pessoas, árvores e novos animais formando uma estampa em alguns coelhos.

– Não quero entregar a obra mastigada, prefiro que cada um veja, interprete, se identifique ou não com a pintura, e dê um significado a ela – reforça o ilustrador.

O circuito de arte urbana Artemosfera é uma realização do Grupo RBS, com patrocínio de Chevrolet, Zaffari, Braskem e Tim. O projeto tem o apoio de Tintas Renner e da Prefeitura de Porto Alegre.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.