Dicas de televisão

Filmes para ver nesta sexta-feira

"Creed – Nascido para Lutar" é destaque na TV a cabo, enquanto "Faça a Coisa Certa", de Spike Lee, é a dica do dia na Netflix

14/04/2017 - 04h00min | Atualizada em 14/04/2017 - 04h00min
Filmes para ver nesta sexta-feira Califórnia Filmes/Divulgação
Matthew McConaughey é "Killer Joe" no filme homônimo, que passa no canal Cinemax Foto: Califórnia Filmes / Divulgação  

CREED – NASCIDO PARA LUTAR
(Creed) – De Ryan Coogler. Com Michael B. Jordan e Sylvester Stallone. Spin-off que deu certo (porque encontrou seu público), este filme é praticamente um remake de Rocky (1976): narra a história de um boxeador que lembra demais a do célebre personagem de Stallone, inclusive e principalmente em seu final sui generis. A diferença é que aqui o protagonista é filho de um personagem conhecido da franquia original (Adonis, filho de Apollo Creed). É o próprio Rocky Balboa que o treina, para alegria dos fãs – o veterano que surge neste filme ri do seu próprio desajuste em relação aos novos tempos, o que torna a sessão divertida. Os planos-sequência no ringue são ótimos. Ação, EUA, 2015, 133min. HBO, 22h

LIGEIRAMENTE GRÁVIDOS
(Knocked Up) – De Judd Apatow. Com Seth Rogen e Katherine Heigl. Para além das piadas tolas sobre um grupo de garotos desocupados, que passam os dias fumando maconha e alimentando um site que mapeia (e ranqueia!) nus femininos nos filmes de Hollywood, esta divertida comédia assinada pelo produtor e diretor Apatow é um bom retrato da passagem para a vida adulta. Passagem forçada, à medida que impulsionada pela gravidez indesejada de uma garota que um deles conhece numa festa. Comédia, EUA, 2007, 129min. Telecine Fun, 0h

KILLER JOE – MATADOR DE ALUGUEL
(Killer Joe) – De William Friedkin. Com Matthew McConaughey, Emile Hirsch, Thomas Haden Church, Gina Gershon e Juno Temple. Baita filme do veterano diretor de O Exorcista (1973), surpreendente em todos os sentidos – por marcar seu retorno à ótima forma após muitos projetos de qualidade inferior e pelo registro com que aborda a decadência moral de uma família norte-americana, tarantinesco na forma gráfica como explora a violência e grotesco desde o ponto de partida da trama. Preste atenção: o filho delinquente convence o pai bobalhão a contratarem um policial corrupto e sádico para matar a mãe do guri e ficar com o dinheiro do seguro de vida dela; as coisas saem do controle e, para piorar tudo (ou salvar pai e filho), o matador se engraça com a caçula da família e exige a adolescente como pagamento para o serviço. Foi o primeiro dos vários grandes trabalhos de McConaughey (que interpreta o próprio Killer Joe) que culminaram com o Oscar ganho Clube de Compras Dallas. Policial, EUA, 2011, 102min. Cinemax, 1h30min

Todas as críticas e notícias de cinema em ZH

TV aberta:
ÊPA! CADÊ O NOÉ (Ooops! Noah Is Gone) – De Toby Genkel e Sean Mccormack. Nestrians e grymps, duas espécies pouco conhecidas, lutam para conseguir espaço na arta de Noé. Animação, EUA, 2015, 87min. RBS TV, 15h10min

Streaming:
FAÇA A COISA CERTA (Do the Right Thing) – De e com Spike Lee. Com Danny Aiello e John Turturro. Um dos pontos mais altos da carreira de Spike Lee, que escreveu, dirigiu, produziu e ainda atuou nesta trama sobre as tensões raciais no Brooklyn dos anos 1980. É praticamente painel de uma vizinhança em ebulição no – grande sacada do realizador de Malcolm X (1992) e A Hora do Show (2000) – dia mais insuportavelmente quente do ano, o que serve de combustível para o aflorar da intolerância e da incivilidade bestial. Um verdadeiro clássico sobre os grandes temas contemporâneos: a convivência entre os diferentes e suas implicações, aí incluídos o racismo e a violência. Drama, EUA, 1989, 120min. Disponível na Netflix

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.