Indicado

Brasil indica "Bingo: O Rei das Manhãs" para o principal prêmio de cinema da Espanha

Filme sobre ator que interpretava palhaço Bozo foi escolhido para presentar o país no Prêmios Goya 2017

Por: Estadão Conteúdo
14/09/2017 - 20h58min | Atualizada em 14/09/2017 - 20h58min
Brasil indica "Bingo: O Rei das Manhãs" para o principal prêmio de cinema da Espanha Luiz Maximiano / Warner/Divulgação
Foto: Luiz Maximiano / Warner / Divulgação  

 O filme Bingo: O Rei das Manhãs representará o Brasil na 32ª edição dos Prêmios Goya, principal premiação do cinema na Espanha, informou nesta quarta-feira (13) a Agência Nacional do Cinema (Ancine).

O longa dirigido por Daniel Rezende foi escolhido pela entidade pública entre 23 competidores para disputar pelo Brasil uma vaga entre os quatro finalistas na categoria de melhor produção ibero-americana do Goya, cujos vencedores serão anunciados em 3 de fevereiro de 2018 pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas da Espanha.

 Leia também:
Filme inspirado na vida de sexo e drogas do palhaço Bozo estreia nesta quinta-feira em Porto Alegre
Protagonista de "Bingo", Brichta sobre vale-tudo na TV nos anos 1980: "Perdemos a espontaneidade" 

A escolha foi decidida no dia 12 de setembro, na sede da Ancine, no Rio de Janeiro. A seleção das obras foi feita pela Comissão de Seleção do Filme Brasileiro, composta por profissionais indicados por entidades do setor audiovisual.

"Após o debate sobre os filmes inscritos, a Comissão de Seleção propôs 'Bingo: O Rei das Manhãs' como representante brasileiro a ser indicado ao Prêmio Goya de Melhor Filme Ibero-Americano por ser uma obra cinematográfica com consistente marca de autor, força criativa por apresentar um universo genuíno brasileiro e capacidade de comunicar-se com plateias de todo o mundo", afirma a ata do júri.

Protagonizada por Vladimir Brichta, a história é uma biografia cinematográfica de Arlindo Barreto, um dos artistas que interpretou o palhaço Bozo em seu popular programa que era transmitido na década de 1980.

Entre os 23 filmes que disputavam a vaga com Bingo estavam Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky; Deserto, de Guilherme Weber; Elis, de Hugo Prata; Fala Comigo, de Felipe Sholl; Malasartes e o Duelo com a Morte, de Paulo Morelli, e O Filme da Minha Vida, de Selton Mello, que também aparecem entre os candidatos a representar o Brasil no Oscar.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.