Em primeira mão

Filmes italianos inéditos são exibidos em Porto Alegre

Mostra que segue até quarta-feira traz produções de diferentes gêneros

04/09/2017 - 15h19min | Atualizada em 04/09/2017 - 15h19min
Filmes italianos inéditos são exibidos em Porto Alegre 01 Distribution/Divulgação
Foto: 01 Distribution / Divulgação  

Em exibição na Capital até quarta feira (6), a mostra 8 ½ Festa do Cinema Italiano traz ao Brasil anualmente filmes da recente produção do país europeu. Com sessões na sala 3 do Espaço Itaú (Shopping Bourbon Country, Av. Túlio de Rose, 80), quatro longas encerram a programação. Ingressos a R$ 20, com meia entrada para estudante

Leia mais
Documentário destaca a formação de David Lynch nas artes visuais
Saiba quais filmes brasileiros concorrem a vaga no Oscar
"Como Nossos Pais", vencedor do Festival de Gramado, estreia em Porto Alegre

O destaque desta terça-feira é O Fantasma da Sicília (2017), às 19h, O longa de Antonio Piazza e Fabio Grassadonia causou boa impressão na Semana da Crítica  do Festiva de Cannes. Inspirado em uma história real, incorpora elementos fantástico para contara a história do sequestro de um adolescente por mafiosos, em represália à delação de seu pai criminoso. A história se passa pelo ponto de vista de Luna (Julia Jedlikowska), melhor amiga do garoto. Na sequência, às 21h30min, tem Paro Quando Quero — Masterclass, segundo título da trilogia em que o diretor Sydney Sibilia combina ação e humor nas aventuras de uma bando de criminosos que se julgam muito esperto. Agora, eles recebe a proposta de redução de pena na cadeia se ajudarem a polícia a caçar traficantes de drogas sintéticas . 

Nesta terça, às 19h, passa a comédia dramática Em Guerra por Amor (2006), de Pierfrancesco Diliberto, conhecido como Pif, que tem como cenário a Sicília à época da II Guerra Mundial. O próprio diretor interpreta o protagonista, Arturo, rapaz apaixonado por uma garota que foi prometida em casamento pelo pai a um mafioso local. Ele parte para fazer fortuna nos EUA, mas decide se alistar junto às forças aliadas que combatem os nazistas na Itália para retornar ao país e reencontrar sua amada.

Às 21h30min, será exibido o drama Histórias de Amor que Não Pertencem a Este Mundo (2017), de Francesca Comencini. Na trama, mulher (Lucia Mascino) tenta se reaproximar do homem (Thomas Trabacchi) com quem viveu uma grande paixão muitos anos atrás. O problema é que ele, com a vida afetiva aparentemente estabilizada, não parece muito interessado em reviver o passado.

A programação de quarta-feira, às 19h, com a comédia A Hora Oficial (2017), dirigida e estrelada por Salvatore Ficarra e Valentino Picone, sucesso de bilheteria na Itália. A trama, localizada em uma fictícia cidade da Sicília às voltas com a eleição de um novo prefeito, faz referência às diferenças entre o discurso e a prática em temas como honestidade e ética, tanto na política quanto nas atividades do dia a dia dos cidadãos.

Estrelada por Toni Servillo (de A Grande Beleza), um dos rostos mais conhecidos do cinema italiano contemporâneo, a comédia Deixa Rolar encerra a mostra, com sessão às 21h30min. O ator interpreta Elia Venezia, psicanalista que trata seus pacientes com hipnose. Preguiçoso e sedentário, ele se vê obrigado a tratar da saúde fazendo o que mais odeia, exercícios físicos. Para treiná-lo, entra em cena Claudia (Verónica Echegui) personal trainer um tanto avoada e propensa a se meter em encrencas.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.