Teatro de objetos

Grupo Sobrevento apresenta na Capital espetáculos baseados em Miguel de Unamuno e Kafka

Companhia paulista comemora 30 anos com dupla participação no 23º Porto Alegre Em Cena

Por: Fábio Prikladnicki
20/09/2016 - 06h01min | Atualizada em 20/09/2016 - 06h01min
Grupo Sobrevento apresenta na Capital espetáculos baseados em Miguel de Unamuno e Kafka Marco Aurélio Olimpio/Divulgação
"São Manuel Bueno, mártir" terá sessões nesta terça (20/9) e quarta (21/9) Foto: Marco Aurélio Olimpio / Divulgação

Celebrando 30 anos de história, o grupo paulista Sobrevento traz ao 23º Porto Alegre Em Cena seus dois espetáculos mais recentes, ambos no Centro de Eventos do BarraShoppingSul (Diário de Notícias, 300): São Manuel Bueno, mártir e . Se as duas produções têm em comum uma maneira singular de trabalhar o teatro de animação, também apontam, em suas diferenças, a diversidade de estéticas do grupo.

Matheus Nachtergaele homenageia a mãe em espetáculo
Cia. Armazém retorna a Porto Alegre com "Inútil a chuva"
No solo "Vaga carne", Grace Passô incorpora voz errante
Lívia e Arthur Nestrovski apresentam o show "Pós você e eu"

São Manuel Bueno, mártir, com sessões nesta terça (20/9), às 20h, e quarta-feira (21/9), às 18h e às 20h, é uma adaptação do livro homônimo do escritor espanhol Miguel de Unamuno (1864 – 1936) sobre um padre (vivido por Maurício Santana) que não acredita em Deus. Fazem parte da trama Ângela, uma mulher crente (Sandra Vargas), e Lázaro, seu irmão ateu (Luiz André Cherubini). Embora a história se passe no interior da Espanha, a montagem subentende que poderia ocorrer em qualquer lugar. Em cena, três músicos interpretam ao vivo a trilha composta por Henrique Annes, um dos expoentes do movimento armorial, que buscou, desde os anos 1970, plasmar uma arte erudita a partir da cultura popular brasileira.

– Será que a ética e a bondade estão sempre atreladas a uma crença, a uma espiritualidade? É possível pensar nessas questões desvinculadas da fé? O quanto um ateu pode ser cruel ao dizer a um crente que Deus não existe e o quanto é cruel um crente agir como inquisidor ao não respeitar aqueles que não creem? – questiona Sandra, que dirige os dois espetáculos ao lado de Cherubini, dois dos fundadores do Grupo Sobrevento.

Se São Manuel Bueno, mártir é um trabalho repleto de texto, o outro espetáculo que a companhia apresenta em Porto Alegre é desprovido de palavras. Em , com sessões na quinta e sexta, às 20h, ressoa a música original de Arrigo Barnabé, elemento que Sandra considera como um sexto ator. É uma livre adaptação do romance O desaparecido ou Amerika, de Franz Kafka (1883 – 1924), sobre as andanças de um jovem da Europa nos Estados Unidos. Na montagem, o enredo está diluído na figura de cinco personagens solitários que vivem um sentimento de impotência em relação ao mundo.

– O espetáculo fala do desajuste, dessa tentativa de lidar com um mundo estranho, desumano. É difícil compreender esse mundo e se situar nele – analisa Sandra.

Apesar das diferenças, ambas as produções entendem o teatro de animação de uma maneira na qual os bonecos são "disparadores poéticos", nas palavras de Sandra. Ou seja: é valorizada a sua força como símbolos ou metáforas. Isso quer dizer que os bonecos estão em cena, mas não são manipulados pelos atores. Por isso, a atriz e diretora prefere definir o trabalho do grupo como teatro de objetos:

– Nossos espetáculos podem decepcionar as pessoas que têm uma visão purista do teatro de animação. Nunca tivemos essa preocupação de nos rotular. Dizemos que fazemos teatro, antes de mais nada.

GRUPO SOBREVENTO NO 23º PORTO ALEGRE EM CENA

São Manuel Bueno, mártir
Nesta terça
(20/9), às 20h, e quarta (21/9), às 18h e às 20h
Ingressos: R$ 80. Classificação: livre


Quinta (22/9) e sexta-feira (23/9), às 20h
Ingressos: R$ 20. Classificação: 16 anos

Os dois espetáculos ocorrem no Centro de Eventos do BarraShoppingSul (Avenida Diário de Notícias, 300), fone (51) 3257-9657, em Porto Alegre

OUTROS DESTAQUES DO FESTIVAL

Luiz Tatit – Palavras e sonhos
O músico e compositor paulista Luiz Tatit divulgará, no festival, o repertório de seu sexto disco solo, Palavras e sonhos, lançado no início de 2016. No álbum, Tatit registra composições solo e parcerias com Marcelo Jeneci (Estrela cruel), José Miguel Wisnik (Tristeza do Zé) e Arthur Nestrovski (Matusalém). O show contará com participações de Ná Ozzetti e da cantora moçambicana Lenna Bahule. Nesta terça (20/9), às 21h, no Teatro Renascença (Erico Verissimo, 307). Ingressos: R$ 80

O homem e a mancha
Leitura dramática multimídia da peça de Caio Fernando Abreu. Com Marcos Breda e Luís Artur Nunes. Nesta terça (20/9) e quarta (21/9), às 21h, no Theatro São Pedro (Praça Marechal Deodoro, s/nº). Ingressos: R$ 80

Moscas
O espetáculo gaúcho mostra cenas do ciclo de vida de personagens, do nascimento à morte. Direção: Gabriela Poester. Nesta terça (20/9) e quarta (21/9), às 19h, no Cabaret Poa (Sete de Setembro, 708). Ingressos: R$ 30

COMO COMPRAR INGRESSOS DO 23º PORTO ALEGRE EM CENA

Ponto de venda sem taxa: loja Myticket (Rua Padre Chagas, 327, loja 6) ): de segunda a sexta, das 9h às 18h; e sábados, das 10h às 15h. Pontos de venda com taxa de 20% sobre o total da compra: site ingressospoaemcena.com.br e telefone (51) 3030-1500, ramal 512, de segunda a sexta, das 9 às 18h. Se ainda houver ingressos, serão vendidos nos teatros, uma hora antes das sessões (pagamento apenas em dinheiro). Há desconto de 50% para sócio e acompanhante do Clube do Assinante.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.