Obituário

Morre Cláudio Pastro, um dos principais nomes da arte sacra brasileira

Causa da morte de artista paulistano não foi informada

Por: Estadão Conteúdo
19/10/2016 - 17h40min | Atualizada em 19/10/2016 - 17h55min
Morre Cláudio Pastro, um dos principais nomes da arte sacra brasileira Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução / Facebook

Considerado o mais importante artista sacro brasileiro, Cláudio Pastro morreu na madrugada da última quarta-feira. Responsável pelo acabamento do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, ele havia completado 68 anos no último dia 16 de outubro. Pastro morreu no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo e seu corpo foi velado no Mosteiro Nossa Senhora da Paz, em Itapecerica da Serra. A causa de sua morte não foi comunicada.

"Cláudio Pastro deixa sua marca de artista sacro em inúmeras obras realizadas em igrejas e capelas pelo Brasil e no exterior, sua maior obra, porém, fruto de seu talento e trabalho e amor à Virgem Maria se encontra na Basílica Nacional da Padroeira do Brasil, cujo ápice é a Cúpula, que, nas suas palavras, 'deseja ser um hino de louvor e ação de graças, através da liturgia, o Mistério Pascal celebrado nesse lugar'", afirmou o Cardeal Raymundo Damasceno Assis, Arcebispo de Aparecida, em nota.

Leia mais
Mostra reúne trabalhos que ilustraram livros do escritor Carlos Urbim
Exposição celebra o escritor Simões Lopes Neto no centenário de morte
Com depoimento de Paixão Côrtes na abertura, exposição celebra os 50 anos de história do MTG

Paulistano, Cláudio Pastro formou-se em Ciências Sociais pela PUC, em 1972. Dedicava-se à arte sacra desde 1975. Sua obra no Santuário Nacional de Aparecida, com a criação de painéis e vitrais Basílica de Aparecida, é o trabalho de maior destaque de sua trajetória.

* Estadão Conteúdo

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.