Hit do momento

"Despacito" é canção mais reproduzida por streaming da história

Música dos porto-riquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee desbancou "Sorry", de Justin Bieber, que liderava o ranking até terça-feira

Por: AFP
19/07/2017 - 07h47min | Atualizada em 20/07/2017 - 09h48min
"Despacito" é canção mais reproduzida por streaming da história Youtube/Reprodução
Foto: Youtube / Reprodução  

Despacito, hit dos porto-riquenhos Luis Fonsi e Daddy Yankee que conquistou o mundo, foi declarado nesta quarta-feira (19) o tema mais reproduzido em streaming da história.

A Universal Music Latin Entertainment anunciou que Despacito, em sua versão original e remix, alcançou 4,6 bilhões de reproduções nas plataformas de internet, entre elas YouTube e Spotify.

Leia mais:
"Despacito" ganha versão em português na voz de Israel Novaes e Luis Fonsi
Conheça a história do reggaeton, da marginalização ao sucesso de "Despacito"

Despacito viralizou logo depois de seu lançamento em janeiro, atingindo um público ainda maior depois que a estrela do pop canadense Justin Bieber apareceu em um remix. Com isso, desbancou da liderança no ranking do streaming a música Sorry, do próprio Bieber, que havia registrado 4,38 bilhões de reproduções, segundo a Universal.

Durante 10 semanas, Despacito foi a número um das listas de mais ouvidas nos EUA, tornando-se a primeira canção em espanhol a atingir o topo desde Macarena, em 1996.

"O streaming é um conector para públicos no mundo inteiro e ajudou minha música a alcançar todos os cantos do mundo", celebrou Fonsi, em um comunicado.

Lucian Grainge, CEO do Universal Music Group, maior indústria discográfica do mercado mundial, disse que Despacito é o maior sucesso de 2017.

A música também arrasou no YouTube, onde o vídeo é o quarto mais visto da história, com 2,66 bilhões de visualizações. No Spotify, era - até esta quarta-feira - a 39ª canção mais ouvida desde que a plataforma foi criada.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.