Perda

Ladrões entram na casa do cartunista Laerte e levam acervo de 12 anos

Furto foi na madrugada do último dia 1º, em São Paulo

03/05/2012 | 15h22

Uma invasão à casa do cartunista da Folha de S. Paulo, Laerte, acabou com um acervo de 12 anos de trabalho. Os ladrões levaram o computador onde o artista guarda os trabalhos.

— Tenho cópias de alguns destes desenhos em CD. Mas muitos deles estão ilegíveis — afirma o cartunista à Folha. Ele se diz aflito para recuperar sua produção. — Mesmo que consiga algo nos arquivos de jornais e de outras publicações, as imagens das tiras vão estar em baixa resolução.

O furto ocorreu às 5h do feriado de 1º de maio. O cartunista mora em uma casa no bairro do Rio Pequeno , zona oeste de São Paulo. De acordo com as informações passadas à polícia, toda a casa do artista foi vasculhada. Os criminosos reviraram também os arquivos físicos de documentos que estavam na casa de Laerte.

— Eles levaram também um aparelho de DVD. Não havia muitos eletroeletrônicos de valor. Até os dois botijões de gás sumiram — diz.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.