Baixaria

Vice-primeiro-ministro russo chama Madonna de "puta velha"

Político usou o Twitter para ofender a cantora, que defendeu as integrantes da banda Pussy Riot, presas por terem cantado contra o presidente Vladimir Putin

09/08/2012 | 10h29
Vice-primeiro-ministro russo chama Madonna de "puta velha" Kevin Mazur/WireImage/Divulgação
Cantora disse que está rezando pela liberdade das meninas do Pussy Riot Foto: Kevin Mazur/WireImage / Divulgação

Um vice-primeiro-ministro russo, Dmitri Rogozin, usou seu Twitter para chamar de "puta velha" a cantora Madonna, que se atreve a dar "lições de moral" ao pedir que as cantoras do grupo punk Pussy Riot sejam libertadas.

– Com a idade, toda puta velha tende a dar lições de moral a todo mundo. Em particular, em suas viagens pelo estrangeiro – tuitou Rogozin, vice-primeiro-ministro da Indústria da Defesa.

Pouco depois, em meio a uma troca de mensagens no Twitter, Rogozin enviou outra mensagem a Madonna: "Ou tira sua cruz, ou usa umas calcinhas".

Na terça-feira, Madonna afirmou, durante um show em Moscou, que reza pela liberdade das integrantes da banda punk Pussy Riot, que podem ser condenadas a três anos de prisão por terem feito uma "oração" contra o presidente russo.

O emotivo pedido da cantora se somou ao de numerosas personalidades russas e estrangeiras que defendem as integrantes da banda e consideram as acusações e sua prisão provisória de cinco meses desproporcionais.

– Sei que há vários lados de uma história – declarou Madonna, considerando valente a atitude das jovens da Pussy Riot, no dia 21 de fevereiro na Catedral do Cristo Salvador de Moscou.

Para alguns críticos, o julgamento faz parte de uma campanha mais ampla contra a crescente oposição a Vladimir Putin, que voltou ao Kremlin no dia 7 de maio.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.