Multiplayer

André Pase: "Titanfall" dá novo fôlego aos jogos de tiro em primeira pessoa

É uma alternativa para um gênero que precisa de boas ideias

17/03/2014 | 15h12
André Pase: "Titanfall" dá novo fôlego aos jogos de tiro em primeira pessoa Titanfall,EA/Divulgação
Foto: Titanfall,EA / Divulgação

Aos poucos, a nova geração começa a mostrar o seu poder de fogo. Titanfall acentua o uso da rede para dar fôlego aos jogos de tiro em primeira pessoa. Apesar de um modo single player, a jogatina toda é realizada online, portanto requer assinatura da rede Live para os jogadores no Xbox. Não espere uma trama grande, apenas a disputa da Interstellar Manufacturing Corporation (IMC) para tomar o controle da Fronteira, uma região distante no espaço defendida pela Milícia.

Dois elementos novos oferecem um respiro para o gênero que desgastou essa premissa. O uso dos Titans durante o combate dá poder e força. A produtora Respawn fisgou bem a cultura dos Mechas, colocando pequenas animações e dinâmicas que deixam a entrada na armadura algo divertido de ver mesmo que repetido à exaustão.

Nos momentos de combate tradicional, os soldados contam com uma espécie de jetpack, que permite dar pulos duplos e também correr pelas paredes. Esta espécie de parkour permite atacar ou escapar por diferentes ângulos, também colaborando para evitar a fragilidade humana diante da máquina.

Esses dois fatores mudam bem a dinâmica do jogo. Além disso, você não começa com o Titã, ele apenas é liberado depois de algum tempo. Assim, o que começa simples muda com os primeiros Mechas em combate, como em outro estágio do conflito.

São 15 mapas no total, com um modo principal organizado por algumas missões. Aos poucos, os jogadores avançam em níveis de experiência e podem usar algumas cartas, modo um pouco diferente de tratar os troféus, nas brigas.

Apesar disso, o jogo poderia ter cenários a serem destruídos, como em Battlefield. Isso tornaria o jogo ainda mais ágil. Quem jogar no Xbox One, como ZH fez, irá notar que algumas vezes a baixa qualidade da rede irá influenciar um pouco nos gráficos. Tenha um pouco de paciência com servidores cheios nas primeiras semanas.

O melhor de Titanfall é oferecer uma alternativa para um gênero que atrai muito público e que precisa de boas ideias. Infelizmente, o preço das versões para Xbox tanto na versão digital como na física, disponível apenas no final do mês, beneficia muito os jogadores de PC que utilizam o serviço Origin.

> Titanfall está disponível para PC a partir de R$ 99, Xbox 360 por R$ 199 e Xbox One por R$ 249

No fim de maio

Depois de ter seu lançamento adiado, watch_dogs chegará no dia 27 de maio. O jogo foi mostrado em diversas feiras e encantou jogadores com a mistura de GTA com tecnologia. A produção inicialmente será levada para PC, PlayStation 3, PS4, Xbox One e Xbox 360. O Wii U também ganhará uma versão, mas a data não foi divulgada.

Para 2015

The Witcher 3: Wild Hunt, um dos jogos mais promissores da nova geração, será adiado para o começo de 2015. A desenvolvedora CD Projekt informou que o jogo pode ser lançado dentro do previsto, mas o tempo extra será usado para refinar o jogo. O RPG chegará para PC, PS4 e Xbox One.

No cinema

Last of Us será levado para o cinema. Produzido por Sam Raimi, terá roteiro de Neil  Druckmann, um dos diretores criativos do jogo. A data de lançamento e o elenco não foram divulgados. É o Jogo do Ano da Academia Britânica de Artes do Cinema e da TV (Bafta).

 

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.