Shows do ano

Saiba como será o calendário de apresentações nacionais e internacionais de 2014 em Porto Alegre

Às vesperas de Copa do Mundo e eleições, ano pode ter menos atrações que 2012

02/03/2014 | 17h06
Saiba como será o calendário de apresentações nacionais e internacionais de 2014 em Porto Alegre Divulgação/Divulgação
Cantora Joan Baez se apresenta na Capital em 19 de março Foto: Divulgação / Divulgação

A velha máxima de que no Brasil o ano só começa depois do Carnaval continua mais atual do que nunca – pelo menos no que toca às apresentações musicais. Porto Alegre é um bom exemplo dessa dinâmica: o calendário de shows começa para valer mesmo a partir do final desta semana e segue com toda força durante o mês, com mais de 20 atrações nacionais e internacionais espremidas em menos de 30 dias.

A disputa é tão grande que algumas datas acumulam até três espetáculos na mesma noite, em palcos distintos da cidade – como é o caso do dia 11, que terá a banda de rock POD no Opinião, o cantor Siba no Campus do Vale e a dupla sertaneja João Neto & Frederico no Auditório Araújo Vianna. A fartura, no entanto, não indica que a Capital terá um ano tão gordo de shows como teve entre 2011 e 2012 – ainda mais às vésperas de Copa do Mundo e de eleições. O Segundo Caderno ouviu produtoras locais para projetar como será o 2014 da música ao vivo em Porto Alegre e preparou um calendário completo.

Fator Copa

A Copa mobilizará boa parte da atenção do público e da mídia em junho e julho. Por isso, há quem veja a competição da Fifa como um divisor, como Carlos Branco, da Branco Produções:

– Já recusamos diversos shows internacionais, que estarão viajando à América do Sul no período da Copa. Neste período, acredito que todas as produtoras só vão realizar eventos que estejam relacionados à Copa.

É exatamente isso o que planeja a Opinião Produtora, que pretende organizar shows que tenham relação com os torcedores estrangeiros que virão a Porto Alegre, como os argentinos.

– Estamos pensando em algo com Fito Páez ou Paralamas, que têm essa identificação com a Argentina. É a maneira que vemos para não deixar a oportunidade que é a Copa passar em branco – explica Claudio Favero, sócio-diretor da produtora.

Calendário

A concentração de shows em março também é reflexo da Copa do Mundo. Com receio de serem prejudicadas com a proximidade dos jogos, muitas produtoras decidiram concentrar seus espetáculos no início do primeiro trimestre – e deverão fazer o mesmo depois, trabalhando com mais força a partir do último quadrimestre.

– Tradicionalmente, o segundo semestre é melhor, em termos de número de shows. É quase sempre assim. Em outubro, teremos eleições, o que atrapalha um pouco também o calendário de shows, mas não tanto quanto a Copa do Mundo. Acredito que vamos ter uma concentração maior de shows de março a maio (com muitos shows que seriam em junho e julho vindo antes) e de agosto a novembro – explica Carlos Branco.

Atrações de médio porte

O ano de shows que começa traz pelo menos uma certeza: a fartura de 2011/2012 não vai se repetir. Por isso, nada de megaespetáculos disputando a atenção e o dinheiro do espectador.

– Os shows de médio porte dão volume ao calendário. Uma apresentação como a do Guns 'N Roses é tratada como exceção – avalia Cassio Lopes, sócio da Hits Entretenimento e responsável pela segunda vinda da banda de Axl Rose a Porto Alegre.

Para Carlos Konrath, da Opus, o momento é propício para investir em trabalhos para públicos menores e espetáculos familiares:

– Acredito que seja preciso se moldar a esse momento. Estamos organizando a turnê do novo musical da Claudia Raia, Crazy For You, e trazendo peças e musicais como Alice no País das Maravilhas, o novo dos Backyardigans e o Dracula.

Dólar alto, aumento dos cachês e a nova lei da meia-entrada são, na avaliação de Claudio Favero, razões pelas quais o ano de 2014 não será tão bom quanto os de 2011 e 2012. Mesmo assim, ele prevê um aumento de 10% com relação a 2013:

– Não teremos espetáculos de grande porte como tivemos nos anos anteriores, mas a situação é melhor para trazer atrações menores e que tê0m seu público cativo. Tanto que a agenda do Opinião e do Pepsi on Stage já estão bem adiantadas.

Confira as atrações de março: oferta de shows do mês inclui ator de seriado cult, decana do folk e estrela gaúcha que desponta em carreira internacional

06/03

Sahara Surfers

Os austríacos do Sahara Surfers se apresentam no Eclipse Studio Bar (José do Patrocínio, 1.240), acompanhados dos gaúchos Motor City Madness e Os Vespas.

09/03

Julio Reny

Acompanhado dos Irish Boys, o músico se apresenta no Ocidente (Osvaldo Aranha esquina com João Telles) dentro do projeto Ocidente Acústico. Reny toca músicas conhecidas de seu repertório, que tem como base o bom e velho rock'n'roll e transita também pelo folk, pela country music, pelo blues e pela MPB. Os ingressos custam R$ 25. A partir das 22h.

Urânio Rock Festival

Show com a musa alemã do metal com Doro Pesch e os brasileiros Tierramystica e Hangar no Stuttgart Music Hall (Princesa Isabel, 827). Ingressos de R$ 80 (1º lote) a R$ 150 (4º lote).

Eric Martin e Jeff Scott Soto's Queen Tribute

O vocalista do Mr. Big apresenta sucessos de sua carreira solo e de sua banda, enquanto o guitarrista mostra seu projeto de tributo ao Queen. No Opinião (José do Patrocínio, 834), a partir das 18h. Ingressos a R$ 90.Orquestra Sinfônica de Porto Alegre

A Ospa abre os trabalhos de 2014 interpretando trilhas sonoras de clássicos do cinema. Estarão no programa composições de filmes como Super-Homem, 007, Indiana Jones, A Lista de Schindler e Star Wars. No Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, s/n), às 11h. Entrada franca.

11/03

P.O.D

A banda cristã de metal alternativo, sucesso nos anos 1990, toca no Opinião (José do Patrocínio, 834), a partir das 21h. Ingressos a R$ 90.Siba

O músico e compositor pernambucano Siba abre as atividades do projeto Vale Doze e Trinta e do Núcleo da Canção da UFRGS com show na Praça Central do Campus do Vale (Bento Gonçalves, 9500). A entrada é franca.¶João Neto & Frederico

A dupla sertaneja sob ao palco do Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, s/n) para apresentar o show Indecifrável. Os ingressos custam R$ 50 (plateia alta e lateral), R$ 90 (plateia alta central), R$ 130 (plateia baixa lateral) e R$ 190 (plateia baixa central). Às 21h.

13/03

Jota Quest

O Jota Quest traz o show de seu novo disco, Freaky Freaky Boom Boom, ao Opinião (José do Patrocínio, 834), além de canções de sucesso da carreira, como Mais Uma Vez, Além do Horizonte e Sempre Assim. Os ingresso custam entre R$ 40 (1º lote) e R$ 60 (3º lote). A partir das 23h.

14/03

Game Classic Show

Canções de games icônicos são interpretadas ao vivo por um combo de orquestra sinfônica, banda de rock e efeitos especiais. No Teatro do Bourbon Country (Tulio de Rose, 80) às 21h. Ingressos a R$ 60 (galerias), R$ 90 (mezanino), R$ 120 (plateia alta), R$ 130 (plateia baixa) e R$ 160 (camarote).

19/03

Joan Baez

Um dos maiores nomes da música folk se apresenta pela primeira vez em Porto Alegre, no Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, s/n).

20/03

The King is Back

Show tributo ao cantor Elvis Presley com interpretação ao vivo dos grandes clássicos do Rei do Rock. No Teatro do Bourbon Country (Tulio de Rose, 80) com ingressos a R$ 70 (galeria), R$ 90 (mezanino), R$ 120 (plateia alta e baixa) e R$ 140 (camarote). Às 21h.

Dom La Nena

A gaúcha radicada na França volta a Porto Alegre com seu disco Ela. O show será na Casa de Cultura Mario Quintana.

21/03

Mac DeMarco

O canadense Mac DeMarco toca no Beco (Independência, 936) com abertura da Nacional Riviera. Ingressos entre R$ 70 e R$ 90.

Ana Carolina

A cantora traz seu novo show, #AC, ao Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, s/n). Os ingressos custam R$ 110 (plateia alta lateral), R$ 130 (plateia alta central), R$ 160 (plateia baixa lateral), R$ 185 (plateia baixa central) e R$ 225 (plateia gold). Às 21h.

22/03

Avenged Sevenfold

Os norte-americanos apresentam a turnê de seu mais recente trabalho, Hail to the King, no Pepsi On Stage (Severo Dullius, 1.995) a partir das 19h. Os ingressos custam R$ 100 (pista), R$ 170 (mezanino) e R$ 190 (pista premium).

23/03

Andréa Cavalheiro, Marietti Fialho e Monica Tomasi

As cantoras se apresentam em comemoração ao Dia da Mulher em Porto Alegre no Largo Zumbi dos Palmares. A partir das 16h com entrada franca.

25/03

Yanni

O músico grego volta para show no Teatro do Sesi (Assis Brasil, 8.787). As entradas custam R$ 300 (mezanino), R$ 550 (plateia alta e baixa) e R$ 650 (plateia gold). Às 21h.

27/03

Seu Jorge

O cantor volta a Porto Alegre com o show do disco Músicas para Churrasco. No Auditório Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, s/n), às 21h, com ingressos a R$ 50 (plateia alta B15 a B19 e plateia alta lateral), R$ 80 (plateia alta central), R$ 100 (plateia baixa lateral) e R$ 150 (plateia baixa central).Hugh Laurie

O eterno Dr. House estreia sua faceta musical no Teatro do Sesi (Assis Brasil, 8.787), acompanhado da Copper Bottom Band. No repertório, estão canções de blues, dos clássicos aos contemporâneos. Artista versátil, Laurie canta e toca piano e guitarra. No ano passado, lançou seu segundo disco, Didn't It Rain. Os ingressos custam R$ 200 (mezanino), R$ 350 (plateia alta) e R$ 500 (plateia baixa). Às 21h30min.

29/03

God Save the Queen

Um dos maiores tributos ao grupo inglês toca no Araújo Vianna (Osvaldo Aranha, s/n) com ingressos entre R$ 80 e R$ 120. Às 21h.

O QUE VEM POR AÍ

Março abre os trabalhos com força, mas a programação para os próximos dois meses já está bem adiantada.

> Em abril, Porto Alegre recebe seu primeiro grande show de rock, com o retorno do Guns N' Roses, na Fiergs, no dia 3. Uma das musas do R&B, Macy Gray desembarca no Opinião no dia 12.

> Maio começa recebendo a ex-princesinha da Disney Demi Lovato para show com entradas esgotadas o Pepsi On Stage no dia 3. Para arrematar, Marky Ramone volta ao Opinião com seu show tributo, em 8 de maio.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.