Aquele abraço

Caetano Veloso volta ao Estado com espetáculo "Abraçaço"

Artista se apresenta com a banda Cê nesta sexta-feira, em Lajeado, e no sábado, em Porto Alegre

17/07/2014 | 18h01
Caetano Veloso volta ao Estado com espetáculo "Abraçaço" Marcos Hermes/Divulgação
Foto: Marcos Hermes / Divulgação

Caetano Veloso retomou pelo Rio Grande do Sul as apresentações no Brasil da turnê Abraçaço. Depois de Pelotas, na quarta-feira, ele faz show nesta sexta-feira em Lajeado, às 21h, no Clube Tiro e Caça, e no sábado em Porto Alegre, às 21h, no Teatro do Sesi (Assis Brasil, 8.787).

Esta é a segunda passagem de Caetano pelo Estado com o espetáculo do disco Abraçaço, lançado em 2012 — em abril do ano passado, o artista lotou o Auditório Araújo Vianna, na Capital. Parceiros no estúdio, Pedro Sá (guitarra), Ricardo Dias Gomes (baixo e teclados) e Marcelo Callado (bateria), integrantes da banda Cê, acompanham o baiano também no palco.

No show que apresentou entre abril e junho na Europa, Caetano canta faixas do recente trabalho, como A Bossa Nova É Foda, Abraçaço, Parabéns, Funk Melódico, Quero Ser Justo, O Império da Lei e Um Comunista. E também passa em revista canções emblemáticas de diferentes fases de sua carreira. Destaque para Você Não Entende Nada, composta durante o exílio em Londres, no começo dos anos 1970, e gravada por Gal Costa ("Quando eu chego em casa nada me consola / Você está sempre aflita"), Triste Bahia, do clássico álbum Transa (1972), Um Índio, do disco Bicho (1977), Mãe ("Palavras, calas, nada fiz / Estou tão infeliz / Falasses, desses, visses não /Imensa solidão"), outra composição sua imortalizada por Gal, e o sucesso Eclipse Oculto, de Uns (1983).

O disco Abraçaço valeu a Caetano o prêmio de melhor álbum de cantor e compositor no Grammy Latino de 2013. Um show gravado no Rio, no ano passado, deu origem ao CD e DVD Multishow ao Vivo — Caetano Veloso: Abraçaço, lançado em 2014. Em setembro, Caetano embarca para uma turnê pelos Estados Unidos.

Serviço:

Lajeado: sexta-feira, às 21h.
Clube Tiro e Caça (Rua Saldanha Marinho, 15, Centro.
Ingressos: R$ 50 (pista), R$ 65 (mezanino), R$ 95 (camarote), R$ 105 (cadeira), R$ 135 (cadeira gold) e de  R$ 1.350 a 1.750 (mesas com oito lugares). Desconto de 50% para maiores de 60 anos (exceto mesas). 

Porto Alegre: sábado, às 21h.
Teatro do Sesi (Avenida Assis Brasil, 8.787) .
Ingressos: R$ 125 (mezanino), R$ 165 (plateia alta), R$ 195 a R$ 235 (plateia baixa). Descontos de 50% para maiores de 60 anos e titular do Clube do Assinante (20% para acompanhante) e de 20% para estudantes. Pontos de Venda: lojas Multisom (Andradas, 1.001, Shopping Iguatemi, BarraShoppingSul, Praia de Belas Shopping e Bourbon Ipiranga) e pelo site www.blueticket.com.br (há cobrança de taxas no site). 

Classificação: 12 anos.

Duração: aproximadamente 1h45min.

Provável repertório 

A Bossa Nova É Foda
Lindeza
Quando o Galo Cantou
Um Abraçaço
Parabéns
Homem
Um Comunista
Triste Bahia
Estou Triste
Odeio
Escapulário
Funk Melódico
Alguém Cantando
Quero ser Justo
Eclipse Oculto
Mãe
De Noite na Cama
O Império da Lei
Reconvexo
Você não Entende Nada
Gayana
Vinco
A Luz de Tieta
Outro
Um Índio

Confira um trecho do show, com Você não Entende Nada

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.