Mania de você

Em novo disco, Morrissey reafirma brilhantismo solo

Um dos maiores nomes do rock, músico inglês lança "World Peace Is None of Your Business", décimo álbum longe dos Smiths

15/07/2014 | 07h02
Em novo disco, Morrissey reafirma brilhantismo solo EMI Music/Divulgação
Foto: EMI Music / Divulgação
A banda que o tornou famoso provavelmente nunca mais irá se reunir. O gênero musical que o consagrou não tem a mesma influência de antes. Suas turnês são tão irregulares quanto seu humor. Mesmo assim, cada vez que ele abre a boca, um pedaço do mundo se cala para ouvir. Seu nome é Morrissey. E, veja só, ele está de disco novo.

Com previsão de lançamento mundial no iTunes para hoje, World Peace Is None of Your Business é o décimo álbum solo de Morrissey, inglês de sangue irlandês que se notabilizou como a voz e a poesia dos Smiths. Ícone dos anos 1980, o grupo terminou em 1987, deixando uma geração de fãs na eterna expectativa de uma reunião – que, a despeito do clamor popular, nunca deverá acontecer.

Ao invés disso, Morrissey parece cada vez mais confortável em carreira solo, aperfeiçoando sua habilidade como letrista e olhando para novos horizontes musicais. World Peace... segue tendo o rock de guitarras distorcidas como norte, mas acomoda com total naturalidade elementos de valsa (a faixa-título), overdubs (Neal Cassady Drops Dead), guitarra flamenca (Earth Is the Loneliest Planet) e música clássica (Oboe Concerto).

O olhar ácido e impiedoso sobre a condição humana – que o fez ser reconhecido pela crítica como um dos maiores letristas da música, no mesmo patamar de grandes escritores britânicos, como Oscar Wilde – permeia cada uma das 11 faixas do disco.
Aos 55 anos, o músico é vegetariano convicto e se define como um humanossexual (“atraído por seres humanos, mas não muitos”). No disco, ele escreve pequenos hinos sobre o que mais o irrita em mulheres (Kick the Bride Down the Aisle) e homens (I’m Not a Man), cita o Brasil na faixa-título sobre desigualdade social, defende a vitória do touro na arena (The Bullfighter Dies) e critica as pressões sociais pequeno-burguesas (Staircase at the University).

O único porém é se poderemos desfrutar disso tudo de perto ou não. Nos últimos anos, as turnês de Morrissey, além de poucas, foram prejudicadas por questões de saúde ou problemas de logística – razão por que Porto Alegre foi cortada em sua última passagem pelo Brasil, em 2012.

Quem sabe em 2015?
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.