De níver

20 coisas que aconteceram no Rio Grande do Sul há 20 anos

Você lembra dos fatos marcantes de 1994 no Estado? Confira

19/08/2014 - 10h02min
20 coisas que aconteceram no Rio Grande do Sul há 20 anos Montagem/Agência RBS
Foto: Montagem / Agência RBS  

Quase todo mundo lembra que, em 94, o Brasil conquistava o tetra no futebol ("acaboooooooooou... é teeeeeeetraaa" é um dos meus bordões favoritos até hoje). Foi também naquele ano que Senna morreu, O Rei Leão (o filme mais triste da infância de quem tem cerca de 25 anos) era lançado e Friends (a melhor série de todos os tempos) estreava nos EUA. Mas, e as coisas que acontecerem aqui no nosso quintal há 20 anos, ALGUÉM LEMBRA?

Praia do Barco: medo e delírio no maior festival de música
Confira 10 motivos que ainda nos fazem amar Friends

Pois vamos recapitular! Abaixo, confira uma lista de acontecimentos que marcaram o ano de 94 no Rio Grande do Sul nas áreas de Cultura, Esporte e Entretenimento:

1. Gisele Bündchen dava os primeiros passos nas passarelas. Em agosto, a menina de Horizontina, então com 14 anos, participava do concurso The Look of the Year 1994. Ela não ganhou, mas ninguém lembra o nome da menina que tirou o primeiro lugar. Veja algumas imagens da final brasileira:

2. Em janeiro, Maurício Mattar se casava com a gaúcha Fabiana (foto abaixo). A cerimônia foi em Porto Alegre.

Reprodução

3. A formação mais conhecida da Engenheiros do Hawaii, com Gessinger (baixo), Augusto Licks (guitarra) e Carlos Maltz (bateria), rachava.

4. Mário Quintana morria no dia 5 de maio, aos 87 anos.

Morto há 20 anos, Mario Quintana tem a admiração de novos leitores Dulce Helfer/Agencia RBS
Foto: Dulce Helfer

5. Em fevereiro, Falcão deixava o Inter e ia treinar a Seleção Japonesa.

6. O Grêmio era bi da Copa do Brasil. Mais uma vez, como aconteceu em 1989, sem perder um único jogo. Era o começo da Era Felipão no tricolor.

7. O basquete, esporte até então sem muitos adeptos no Estado, virava febre depois que a equipe do Pitt/Corinthians, de Santa Cruz do Sul, conquistava o título nacional.

Jogadores da Pitt Corinthians retornam a Santa Cruz do Sul Arivaldo Chaves, BANCO DE DADOS /
Foto: Arivaldo Chaves

8. O Festival M2000 Summer Concert levava cerca de 50 mil pessoas às areias de Capão da Canoa. As principais atrações eram Cidadão Quem, Dr. Sin, Anything Box, Deborah Blando, Robin S, Fito Paez (foto abaixo) e Helmet.

Reprodução
Foto: Ronaldo Bernardi

9. A sorveteria Gelf's, de Capão da Canoa, inventava o buffet de sorvete (sim!). Como num bandejão, cada um ia montando o seu. A ideia foi copiada Brasil afora.

10. Naquele ano, Pepeu Gomes comandou um arrastão da alegria no centro de Porto Alegre (foto abaixo). Cerca de 6 mil pessoas foram do Largo Gênio Peres até a Usina do Gasômetro para comemorar a abertura oficial do Carnaval.

Reprodução
Foto: Mauro Vieira

11. A Estado Maior da Restinga derrotava a Imperadores do Samba (vencedora de 1993) por apenas um ponto e conquistava seu terceiro título no Carnaval de Porto Alegre em quatro anos.

12. Caio Fernando Abreu retornava a Porto Alegre e passava a escrever para ZH.

Documentário destaca de forma poética vida e obra de Caio Fernando Abreu Adriana Franciosi/Agencia RBS
Foto: Adriana Franciosi

13. No dia 15 de abril, Paulo Sant'Ana publicava em ZH a crônica Meus Secretos Amigos, que fala sobre como ele vê as pessoas que nem sabem que são seus amigos. Anos depois, quando a internet iniciou o fenômeno da confusão de autoria, o texto passou a ser atribuído a Vinícius de Moraes. Não sabe qual é? Este trechinho abaixo vai te fazer lembrar:

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos"
Leia a íntegra.

14. Em julho, Martha Medeiros publicava sua primeira crônica em ZH.

15. Aos 79 anos, morria Iberê Camargo, o maior pintor gaúcho de todos os tempos.

Exposição celebra pinturas e desenhos de Iberê Camargo nos anos 1980 Daniel Mansur/Divulgação
"Medo", de 1985, obra de Iberê Camargo

16. Ado Malagoli, pintor radicado no RS desde a década de 50, morria em Porto Alegre. Malagoli, que dá nome ao Margs, era modernista com a obra enraizada em conceitos clássicos e foi mestre de uma geração de artistas gaúchos.

Reprodução
"O Gato Preto", de 1954, de Ado Malagoli

17. O teatro gaúcho estava por toda a parte. Surgia o Porto Alegre Em Cena, um dos maiores espaços do país para as artes do palco.

18. A Rua 24 horas era inaugurada em Santa Maria. O projeto fracassou alguns anos depois e a rua não existe mais.

19. O maestro Pletskaya (Nico Nicolaiewsky) e o violinista Kraunus Sang (Hique Gomez) completavam dez anos no palco com música e humor, na imaginária Sbórnia. A magia de Tangos & Tragédias chegaria ao fim em 2014, com a morte de Nico.

Com 30 anos de Tangos & Tragédias, Nico Nicolaiewsky e Hique Gomez apresentam a Grande Orquestra da Sbórnia Adriana Franciosi/Agencia RBS
Foto: Adriana Franciosi

20. Na comemoração dos 222 anos de Porto Alegre, Gilberto Gil fez um showzaço no Largo Glênio Peres.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.