Check-in esperto

Foursquare agora "aprende" o gosto dos usuários e indica destinos

Nova versão do aplicativo promete libertar o usuário da leitura de avaliações longas e aleatórias

06/08/2014 | 20h22
Foursquare agora "aprende" o gosto dos usuários e indica destinos Reprodução/Youtube
Empresa divulgou vídeo mostrando o novo visual do app Foto: Reprodução / Youtube

O Foursquare correu atrás e, nesta quarta-feira, alcançou a turma dos aplicativos que "aprendem" com o usuário. Porque já não basta oferecer a possibilidade de dar notas e pitacos - um app que se preze deve reconhecer as preferências do dono e devolver dicas adequadas.

Se desde 2006 o Foursquare listava os lugares dos arredores onde valia a pena comer, beber ou fazer compras, a própria empresa admite, com a atualização de hoje, que enviar as "mesmas recomendações" para todo mundo é um conceito "bastante ultrapassado".

"Nossos telefones devem aprender sobre nós – o que gostamos, nossas conexões sociais e preferências. E, ao usar esse conhecimento, eles podem ajudar a explorar melhor o mundo que nos rodeia", postou a empresa no seu blog.

E não é só uma questão de conhecer os vícios individuais de cada usuário - o Foursquare agora também indica destinos conforme as recomendações de amigos. Um vídeo divulgado também hoje pela empresa mostra as novas funcionalidades do aplicativo:  

O novo Foursquare promete libertar o usuário da leitura de avaliações longas e aleatórias apenas para descobrir que tem preferências muito distantes das dos "avaliadores".

Na iTunes Store, a versão mais recente do app já quase completa as cinco estrelas totais na avaliação dos usuários, e no Google Play a média das notas estava calculada, no momento desta publicação, em 4,1.

O Foursquare tem cinco anos e acumula 6 bilhões de check-ins, 55 milhões de dicas, 65 milhões de lugares e centenas de milhões de fotos.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.