Crazy kid

Seis polêmicas e maluquices de Kesha

Cantora se apresenta no Planeta Atlântida 2015, que acontece nos dias 30 e 31 de janeiro

31/12/2014 - 06h02min
Seis polêmicas e maluquices de Kesha Planeta Atlântida/Divulgação
Foto: Planeta Atlântida / Divulgação  

Quando surgiu no final de 2009 cantando que escovava os dentes com uma garrafa de uísque, Kesha apresentou um aperitivo de sua personalidade excêntrica. Depois disso, aprontou maluquices: bebeu a própria urina e fez até exorcismo vaginal. Ainda se envolveu em outras polêmicas, como a briga com o ex-produtor e o banimento de sua música das rádios. Confira a seguir seis desses momentos da cantora, que é atração do Planeta Atlântida 2015 – evento que acontece na Saba, em Atlântida, nos dias 30 e 31 de janeiro.

1) Bebeu a própria urina

Durante seu reality show My Crazy Beautiful Life, Kesha bebeu a própria urina, o que não agradou o Conselho de Pais Para a Televisão dos EUA. Em entrevista para o The Hollywood Reporter, ela justificou o ato.

– Eu ouvi falar que fazia bem. Era um rumor. Então experimentei. Não recomendo. É muito nojento.

Em entrevista, Kesha conta como será o seu show no Planeta Atlântida

2) Acusou o produtor de drogar e abusar dela sexualmente

A cantora abriu um processo contra Dr. Luke, seu ex-produtor musical. Kesha alega ter sofrido abusos sexuais, físicos, verbais e emocionais. Segundo a ação, ele começou a assediá-la sexualmente quando a cantora tinha 18 anos. Luke teria obrigado a cantora a beber álcool e usar drogas para ficar mais desinibida.

Confirmados atrações e palcos do Planeta Atlântida 2015
Leia todas as notícias sobre o Planeta Atlântida 2015

3) Deu entrada na rehab

Em janeiro de 2014, Kesha deu entrada em uma clínica de reabilitação para tratar distúrbios alimentares. Ao TMZ, ela contou que precisava aprender a se amar novamente. 
 
– Sou uma defensora de ser você mesmo e amar a si mesmo, mas estou tendo dificuldade em praticar o que eu prego – disse.

4) Fez um exorcismo vaginal

A cantora contou em entrevista ao programa Jimmy Kimmel Live! que fantasmas assombravam sua vagina.



– Me disseram que eu tinha pessoas mortas dentro de mim. Meu hipnoterapeuta que me falou. Ele tinha que exorcizar meu corpo e eu usei um equipamento chamado "fantasmometro" que bipava exatamente na minha vagina. Era muito preciso, pois eu estou passando por um seca.

5) Teve música banida das rádios

Die Young ("morrer jovem") foi banida de grande parte das rádios norte-americanas devido ao massacre que ocorreu em uma escola infantil na cidade de Newtown, em Connecticut. A tragédia deixou 27 mortos, dos quais 20 eram crianças.



6) Invadiu a casa do Prince

Durante entrevista do programa do Jimmy Fallon, a cantora contou que, antes de ficar famosa, invadiu a casa de Prince para lhe entregar um CD. Para isso, subornou o jardineiro com US$ 5 para passar por debaixo do portão.



– Eu entrei no elevador, que tocava músicas do Prince. Então, saio do elevador e dou de cara com ele, tocando violão com uma touca. Abanei o CD para ele, coloquei em cima da mesa e saí correndo.
 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.