Questão de cor

Estátua de Beyoncé "branca" no Museu de Cera Madame Tussauds provoca polêmica

Nas redes sociais, o comentário é que a escultura parece mais com outras cantoras pop, como Lindsay Lohan ou Mariah Carey

20/07/2017 - 13h07min | Atualizada em 20/07/2017 - 13h08min
Estátua de Beyoncé "branca" no Museu de Cera Madame Tussauds provoca polêmica Montagem / Reprodução/Reprodução
Questão de cor: a réplica da diva pop (D) não parece com a Beyoncé original (E) Foto: Montagem / Reprodução / Reprodução  

A entrada de Beyoncé para o rol de estátuas de famosos do Museu de Cera Madame Tussauds, em Nova York, não poderia passar despercebida. Nem sem polêmicas. De acordo com as críticas nas redes sociais, a cor esbranquiçada da estátua, inaugurada na quarta-feira (19), faz com que a escultura pareça mais com a cantora Lindsay Lohan ou mesmo Mariah Carey.

Leia mais
Site publica certidão de nascimento dos gêmeos de Beyoncé
Em novo álbum, Jay Z exalta a família e fala sobre traição a Beyoncé
Beyoncé, J. K. Rowling e Drake estão na lista da Forbes de celebridades mais bem pagas em 2017

Em nota ao site TMZ, o Madame Tussauds explicou que a cor esbranquiçada da réplica de Beyoncé pode ser distorção da iluminação combinada com o flash das câmeras. "Nossos talentosos escultores fazem todos os esforços para assegurar com precisão a correspondência de cor de todas nossas figuras de cera de celebridades. A combinação da luz local com o flash pode distorcer a cor da nossa estátua", justificou o museu. 

Não é a primeira vez que o museu teria errado a mão em uma estátua de Beyoncé. Em Istambul a escultura da cantora recebeu as mesmas críticas. 

Leia outras notícias de cultura e entretenimento

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.