Estrelas da Periferia

VÍDEO: conheça os pagodeiros que caíram nas graças do povo da Zona Norte de Porto Alegre

Grupo que iniciou sem pretensões conta que a procura dos contratantes fez a agenda bombar em dois anos

Por: José Augusto Barros
11/07/2017 - 07h00min | Atualizada em 11/07/2017 - 14h00min

Há dois anos, surgiu, na Zona Norte, de maneira despretensiosa, a Pegada Golden. O grupo de pagode caiu no gosto da população da região e tem agenda de fazer inveja a artistas do gênero por aqui. Inicialmente, a ideia dos integrantes, moradores do Jardim Leopoldina e do Parque dos Maias, era criar uma banda para uma roda de samba eventual.

— Eu já tenho experiência em bandas, integrei algumas em uma das melhores épocas do pagode em Porto Alegre, no começo dos anos 2000. Quando tivemos a ideia de montar a Pegada Golden, era meio sem pretensão, pela dificuldade que o pagode passa atualmente aqui — afirma Didiu Santos, rebolo e voz, que também é dono de uma barbearia.

Engrenou

No começo, as rodas de samba rolavam em locais conhecidos da região, sem pretensão de seguir em frente. Mas os guris agradaram tanto que os pedidos de shows passaram a aumentar, fazendo com que eles considerassem a ideia de formalizar o grupo.

— A gente foi quase obrigado a tornar a banda uma coisa mais séria, real (risos). Sabemos que não é nada fácil e ficamos felizes com esse retorno — comenta Didiu.

Como a turma engrenou, os músicos precisam se virar nos 30 para conciliar seus respectivos trabalhos e a agenda. A Pegada Golden faz, em média, 12 shows mensais - no último fim de semana, por exemplo, tocaram na sexta, no sábado e no domingo.

— Não dá para reclamar, a gente não fica parado — afirma Didiu.

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Leia mais sobre famosos e entretenimento

Com o incremento na agenda, os pagodeiros planejam gravar seu primeiro EP em 2018, com direito a canções próprias. A primeira, que já rola nos shows, é Que Malandro Sou Eu.

— É uma letra legal, que fala de relacionamento. O cara achou que estava bem com a guria, mas pisou na bola e ficou só (risos). Bem atual, aliás — ressalta. Ainda integram banda Kaian Silva (cavaco), Daniel Lucas (reco-reco), Jeferson Silva (pandeiro) e Vagner Silva (maracanã).

Pagodeiros agitam a Zona Norte Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Pitaco de Quem Entende

O produtor artístico Adriano Brasil fala sobre o trabalho do grupo:

— Interessante a aposta deles no estilo de sua música própria, que é romântica, mas sem forçar a barra. O especialista também dá dicas para a banda.

— O grupo apresenta uma boa estrutura, o vocalista tem boa voz. Eles podem até investir mais em samba de raiz, que anda em falta por aqui — finaliza.

Aqui, o espaço é todo seu

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br

— Para falar com o Pegada Golden, ligue para 98650-4234.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.