Dicas de TV

Filmes para ver nesta terça-feira

Filmes brasileiros como "O homem das multidões" e "Matou a família e foi ao cinema" são destaques da programação 

20/09/2016 - 07h02min | Atualizada em 20/09/2016 - 07h03min
Filmes para ver nesta terça-feira Espaço Filmes/Divulgação
"O homem das multidões" é uma adaptação de um conto de Edgar Alan Poe Foto: Espaço Filmes / Divulgação

O HOMEM DAS MULTIDÕES – De Marcelo Gomes e Cao Guimarães. Com Paulo André e Sílvia Lourenço. Nomes de destaque no cinema autoral brasileiro, Gomes (de filmes como Viajo porque preciso, volto porque te amo, realizado com Karim Aïnouz), e Guimarães (de A alma do osso) apresentam aqui uma inventiva adaptação de um conto de Edgar Alan Poe. O foco está no processo de isolamento social nas grandes cidades. Os protagonistas são dois funcionários do metrô de Belo Horizonte, um maquinista que pouco interage com as pessoas e uma controladora de tráfego obcecada por relacionamentos virtuais. Drama, Brasil, 2014, 95min, 14 anos. Max Prime, 18h50min

HOMENS E DEUSES (Des hommes et des dieux) – De Xavier Bouvois. Com Lambert Wilson. Filme vencedor do Grande Prêmio do Júri no Festival de Cannes. O ótimo elenco valoriza ainda mais esta potente e sóbria recriação do drama real enfrentado por monges franceses na Argélia, nos anos 1990. Em meio à guerra civil que explode no país, os religiosos vivem uma tensão interna à medida que passam a ser hostilizados por radicais muçulmanos. Drama, França, 2010, 122min. Arte 1, 15h15min

Confira também as notícias de televisão

O HOMEM QUE FAZIA CHOVER (The rainmaker) – De Francis Ford Coppola. Com Matt Damon. Após dar um passo em falso com o tolo Jack (1996), Coppola foi mais sóbrio nesta adaptação do livro de John Grisham sobre jovem advogado idealista que decide enfrentar uma rede de corrupção patrocinada por uma grande seguradora que lesa seus clientes. O grande diretor segue na ativa, mas tem apresentando nos últimos anos filmes irregulares e muito aquém da sua importância para a história do cinema. Drama, EUA, 1997, 134min. Paramount, 22h30min

MATOU A FAMÍLIA E FOI AO CINEMA – De Júlio Bressane. Com Antero de Oliveira, Renata Sorrah e Marcia Rodrigues. Em um dos períodos mais duros da repressão da ditadura militar, Bressane apresentou esta obra provocadora — é um dos títulos mais emblemáticos do chamado cinema marginal brasileiro. Com o tom de uma performance libertária, a trama tem como personagens um rapaz que mata seus pais e duas garotas que aparecem no filme a que o criminoso assiste no cinema. Drama, Brasil, 1969, 78min. Canal Brasil, 0h15min

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.