Novo formato

"Esquenta!", com Regina Casé, volta ao ar neste domingo com novidades

Atração volta com nova proposta após uma pausa que durou dez meses

14/10/2016 - 11h54min
"Esquenta!", com Regina Casé, volta ao ar neste domingo com novidades João Januário/TV Globo,Divulgação
Foto: João Januário / TV Globo,Divulgação

Misture a grande festa tradicional do Esquenta! com a garimpagem quase antropológica do antigo Brasil legal – exibido entre 1994 e 1998. Eis a nova proposta do programa de Regina Casé, que estreia neste domingo, às 14h, na RBS TV.

Depois de uma pausa de 10 meses, a atração volta reformulada. Além do caldeirão cultural no palco, Regina cai na estrada para rodar o Brasil. Em cada cidade que visitar, encontrará uma família com quem irá assistir à parte já gravada do episódio. A versão que o público verá é uma mescla disso. O objetivo é refrescar o formato do Esquenta! e tentar atrair a parcela do público que se perdeu ao longo dos seis anos de exibição – parte por achar o programa muito carioca.

Nas andanças pelo país, Regina vai de Norte a Sul: Pará, Bahia, São Paulo, Ceará e Rio Grande do Sul receberam a equipe. Por aqui, Regina subiu a Serra e conheceu uma família de Garibaldi. A estreia será em Fortaleza. Lá, a apresentadora deparou com uma realidade que lhe é bem familiar: a de uma empregada doméstica e sua relação com os patrões. Oposta à trama que Regina retratou no premiado longa Que horas ela volta?, de Anna Muylaert, a história dessa intimidade não é baseada na opressão, mas na amizade. No palco, o rapper Emicida, filho de doméstica, contará sua história.

A julgar pelo programa de estreia, o roteiro se mostra muito bem trabalhado, com as histórias se entrecruzando e se complementando. A equipe liderada pelo antropólogo Hermano Vianna conseguiu dar ares de novidade ao misturar dois pontos fortes de Regina – saber garimpar boas histórias e promover festas ecléticas.

Leia também
Natalie Dormer, a Margaery de "Game of thrones", vem ao Brasil
Morre ator e humorista Orival Pessini, criador de Fofão e Patropi, aos 72 anos
Com 16 anos, gaúcha Cristyéllem conquista Carlinhos Brown cantando tango

Entrevista | Regina Casé: "A TV foi obrigada a se abrir à cultura da periferia"

Admitindo estar ansiosa com o retorno do Esquenta!, Regina Casé, 62 anos, conversou com ZH desde sua casa no Rio de Janeiro. Agitadora cultural nata desde a juventude – foi uma das fundadoras do grupo de teatro Asdrúbal Trouxe o Trombone, na década de 1970, e integrante do TV pirata (1988 a 1992) –, foi uma das responsáveis por levar a cultura popular à TV. A seguir, Regina fala sobre o programa, cultura e mais.

Como nasceu esse formato?
As pessoas me perguntavam quando o programa iria voltar e quando eu iria voltar a viajar. Ao mesmo tempo, não queríamos perder a festa que sempre fizemos no palco. Muita gente usava as redes sociais para me convidar: "Regina, vem assistir ao programa aqui em casa". E nós pensamos: "Por que não?". Mas nunca pensei que pudéssemos unir as viagens com o estúdio. Encontramos um jeito de misturar tudo isso. Esse formato é novo e muito promissor. Vocês vão ver que alguns episódios tendem mais para a emoção e outros para a animação. A equipe se sente renovada, está sendo muito estimulante.

Os indíces de audiência do Esquenta! em São Paulo estavam abaixo do esperado. Essa mudança veio para agradar a esse público?
O programa nasceu para ser de temporadas de verão. Tanto que a música de abertura fala em "Regina de janeiro a março". Aí fez sucesso e fomos ficando. Foram quase seis anos e 170 programas. Não tínhamos tempo para pensar em algo novo. A nossa maior pressão não é audiência, mas inovação.

Desde a década de 1990 você tenta levar a periferia para a TV. Acha que hoje os canais estão mais abertos a essas expressões culturais?
Não que esteja mais aberta, mas foi obrigada a se abrir a isso. Chegou uma hora em que não deu mais para ficar inerte ao que acontece na periferia, à cultura que nasce ali. Antes, as pessoas da periferia não tinham como mostrar seu trabalho para o mundo. Tudo mudou quando os meios, os equipamentos, foram ficando mais acessíveis economicamente falando. Hoje, com um celular, o pessoal faz seus vídeos e põe na internet. Não tem como ignorar isso.

Esquenta!
Estreia da nova temporada neste domingo, às 14h, após Escolinha do Professor Raimundo. RBS TV

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.