Crítica

"The voice Brasil": em noite de fora em Claudia Leitte, meninas roubam a cena no segundo dia de audições

Gaúcha Cristyelllem Camargo, de 16 anos, surpreendeu jurados ao cantar tango de Angela Maria e apresentar projeto de resgate musical

14/10/2016 - 16h48min | Atualizada em 14/10/2016 - 16h48min
"The voice Brasil": em noite de fora em Claudia Leitte, meninas roubam a cena no segundo dia de audições Reprodução/Globo Play
Foto: Reprodução / Globo Play

A não ser por Claudia Leitte, a noite desta quinta de The voice Brasil teve as meninas como protagonistas. Cobra, 22 anos; Jade Baraldo, 18 anos, e a surpreendente Cristyélllem Camargo, gaúcha de apenas 16 anos, roubaram a cena no segundo episódio do reality show – que marcou também a estreia do programa em seu horário oficial, após uma leve confusão na primeira semana, causada pelo jogo da Seleção Brasileira.

Ainda em fase de audições cegas, o programa se sustenta em duas frentes: performances emocionantes e personagens carismáticos. A paulista Carolina Cobra se encaixa no primeiro grupo. Depois de ter sido descartada pelos quatro jurados na edição do ano passado do programa, a morena tentou a sorte novamente e, dessa vez, viu Lulu Santos (que descreveu sua voz como "fogo crepitante"), Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Michel Teló virarem suas cadeiras – o que, é claro, rendeu lágrimas. A cantora escolheu Claudinha, que havia criticado a dificuldade de Cobra em cantar para fora em 2015, como técnica, em uma espécie de redenção conjunta de ambas.

Leia mais:
Aos 16 anos, gaúcha Cristyéllem Camargo conquista Carlinhos Brown com tango
Veja os memes do segundo episódio de The voice Brasil
Claudia Leitte se assanha para candidato no The voice Brasil e leva fora

Se Cobra gerou o momento mais emocionante do programa, as duas outras jovens meninas causaram surpresa pela escolha do repertório. A catarinense Jade viu apenas o caipira Michel Teló virar a cadeira para sua versão de Romaria – aquela do "caipira, pira, pora, Nossa Senhora de Aparecida" – talvez mais por espanto do que por falta de qualidade. 

Mesma reação que pode ter causado Cristyélllem Camargo, caso à parte no episódio de ontem do programa. A gaúcha de Bagé, de apenas 16 anos, tem um projeto de resgate musical com o irmão. Ambos sobem nos palcos da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul para apresentar suas versões de músicas brasileiras da década de 1930 para frente – no palco do The voice ("curti demais, aquele palco não é que nem os palcos lá de Bagé", diria mais tarde a Thiago Leifert, com o sotaque característico da região gaúcha), ela cantaria Tango para Teresa, de Angela Maria. As caras e bocas de Lulu Santos, que depois diria ter ficado paralisado pela escolha de repertório da adolescente, mostraram que a reação à apresentação de Cristyélllem foi muito mais de incredulidade do que de reprovação – até porque a voz da bageense é incrível. Quase tão incrível quanto sua história.

P.S.: Cinthia Ribeiro, que "quer ver o mar pegar fogo para comer peixe frito", e Sih, que ganhou a simpatia imediata de Lulu Santos, também foram destaques positivos do programa. Suas versões para Cara valente e Faz parte do meu show, respectivamente, mostraram originalidade e muita qualidade.

P.S.2: Carismáticas demais, demais, demais a Lilian e a Layane, que fizeram o vídeo de apresentação aos risos, revelaram que não tinham presença de palco (algo que realmente não têm) e viraram candidatas a queridinhas do programa (ou, pelo menos, minhas) com suas reações aos vereditos dos jurados.

Leia as últimas notícias de Entretenimento 


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.