Sob comando instável

Série "Brasil a Bordo", de Miguel Falabella, tem como destaque galeria de personagens

Os episódios da produção foram disponibilizados somente na Globo Play

Por: Nathália Carapeços
17/05/2017 - 09h00min | Atualizada em 17/05/2017 - 11h16min
Série "Brasil a Bordo", de Miguel Falabella, tem como destaque galeria de personagens Mauricio Fidalgo/Globo/Divulgação
Vadeco (Miguel Falabella) e Durval (Marcos Caruso) são os pilotos da Piorá Linhas Aéreas Foto: Mauricio Fidalgo/Globo / Divulgação  

A Globo inovou ao lançarBrasil a Bordo somente na Globo Play, sua plataforma on demand. Pela primeira vez, o canal disponibilizou uma série inteira para binge watching (a boa e velha maratona) sem anunciar a estreia na TV – a expectativa é que o seriado chegue à programação apenas em 2018. Mas, no que diz respeito ao conteúdo, a fórmula se repetiu. A nova parceria do autor Miguel Falabella e da diretora Cininha de Paula – a dupla já esteve lado a lado em Pé na Cova, Sexo e as Negas e A Vida Alheia, entre outras – descamba para o formato cômico-caricato com piadas prontas e uma batalha de estereótipos.

Leia mais:
Cao Hamburger acerta em cheio ao transformar "Malhação" em palco para discussão de questões sociais 
Márcio Garcia e seu "Tamanho Família" são os queridinhos da programação de TV no fíndi

Na trama, uma família falida tenta reestruturar a Piorá Linhas Aéreas. O elenco é de peso: Arlete Salles, Luis Gustavo, Marcos Caruso e o próprio Falabella contracenam. Só que os perfis manjados da mulher mais velha que adora plásticas, do marido banana e do coroa garanhão não impressionam – e pouco fazem rir. Talvez só Durval (Caruso) e suas bonecas infláveis façam o público esboçar algum sorriso tímido.

A narrativa não é o ponto forte de Brasil a Bordo. Somente alguns personagens do núcleo jovem da família e o trio de funcionárias da Piorá devem conquistar a audiência. Divertida e apaixonada, Caravelle (Maria Eduarda de Carvalho) e seu marido, Johnny (Magno Bandardarz), são a sátira da juventude conectada em busca de seus sonhos. E o casal gay Decenove (Frank Borges) e Camilinho (Rafael Canedo) também segue essa linha: rouba a cena com seus vídeos para postar nas redes. Já o trio trabalhador formado por Shaniqwa (Mary Sheila de Paula), São José (Maria Vieira) e Almira (Stella Miranda) diverte por colocar as diferenças em sintonia.

Os 12 episódios da série estão disponíveis na Globo Play exclusivamente para os assinantes da plataforma.

"ZERO1", O RETORNO

Foto: Renato Rocha Miranda / TV Globo/Divulgação

O queridinho da Globo está de volta à TV. No sábado, após o Altas Horas, Tiago Leifert retorna para uma nova temporada de Zero1, programa que mergulha no universo geek e no mundo dos games. Jogos digitais, animações, RPGs, HQs, gadgets, action figures, universo pop e filmes estão na pauta da atração que conquistou um público fiel nas redes sociais.

VITÓRIA SÓ BRILHA

Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

A modelo e atriz gaúcha Vitória Strada já tem sua estreia marcada na TV. Aos 20 anos, a guria vai estrelar a próxima novela das seis da Globo, Tempo de Amar – sim, ela vai começar como protagonista logo de cara. Se você achou o rosto de Vitória conhecido não é por acaso. Ela também esteve no filme Real Beleza, de Jorge Furtado, lançado em 2015.

SPOILER

Foto: Netflix / Divulgação

Sexta de (muitas) novidades
A próxima sexta-feira na Netflix promete com três atrações previstas para estrear no serviço on demand. Estrelado por Laerte Coutinho (foto), Laerte-se é o primeiro documentário brasileiro da plataforma e mostra a transição vivida pela artista, que assumiu a identidade feminina. As diretoras Lygia Barbosa da Silva e Eliane Brum estão à frente da produção. Outra novidade é The Keepers, uma mescla de documentário e série à la Making a Murderer. Aqui, o foco é o caso do assassinato da religiosa Catherine Cesnik. A terceira atração inédita é a nova temporada de Unbreakable Kimmy Schmidt.

Leia outras colunas Teletudo em ZH

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.