Modelo

Proposta de calendário do Bom Senso FC teria quinta divisão com 430 clubes

Na nova proposta, estaduais teriam duração de apenas um mês

11/03/2014 | 08h50
Proposta de calendário do Bom Senso FC teria quinta divisão com 430 clubes Dhavid Normando, Estadão Conteúdo/
Bom Senso FC foi um movimento criado pelos jogadores em 2013 Foto: Dhavid Normando, Estadão Conteúdo

O Bom Senso FC elaborou uma proposta para alterar o calendário do futebol brasileiro. O movimento, que surgiu em 2013 com a intenção de sugerir melhorias para o esporte nacional, apresentará a nova ideia em um seminário na semana que vem.

Segundo a BBC, a nova proposta tem estaduais de apenas um mês, com sete ou oito datas — de acordo com a região. Os clubes seriam divididos em grupos, como na Copa do Mundo, e mata-matas na sequência. As competições seriam jogadas em junho ou julho.

Para proporcionar calendário cheio aos clubes pequenos, seria criada uma Série E com 430 clubes divididos regionalmente. As Séries A (20 clubes), B (20 clubes), C (20 clubes) e D (40 clubes) não teriam alteração no formato de disputa, mas seriam espaçadas entre fevereiro e o início de dezembro. Os campeonatos seriam custeados pela CBF.

A ideia é que nenhum clube atue menos de 30 ou mais de 70 vezes na temporada. O mês de janeiro ficaria livre para a pré-temporada dos clubes, que também teriam tempo para excursões internacionais.

Fernando Prass, representante do Bom Senso FC, apresentou a proposta ao Ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em reunião nesta segunda-feira. A CBF ainda não se manifestou — o que deve ocorrer apenas depois da apresentação oficial da proposta do movimento de jogadores.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.