Nesta manhã

Suspeito de espancar corintiano, torcedor do Palmeiras é preso em SP

Crime aconteceu na madrugada de domingo e, na ocasião, Daniel Veloso morreu após equipes se enfrentarem pelo Brasileirão

Por: Lancepress
19/09/2016 - 17h58min | Atualizada em 19/09/2016 - 18h02min

Um suspeito de participar do espancamento que matou um corintiano em Itapevi, na madrugada do domingo passado, foi preso pela polícia, que investiga se houve uma emboscada no crime. A operação das autoridades foi realizada na manhã desta segunda-feira.

Leia mais:
Justiça bloqueia bens de empresa responsável por transmissão da Olimpíada
Santos cede empate duas vezes, mas vence o Santa Cruz e segue na briga

O torcedor do Corinthians em questão atendia pelo nome de Daniel Veloso, que foi assassinado na madrugada do último domingo sob suspeita de ter sido espancado por palmeirenses. Ele era membro da organizada Gaviões da Fiel.

Daniel Veloso teria sido agredido até a morte em uma praça pública. Ele estaria com a namorada e teria sido alvejado com paus e barras de ferro. A Delegacia de Polícia de Itapevi diz ainda não ter garantia de que o homicídio aconteceu devido a uma emboscada de torcedores rivais.

Mais sobre o caso

Corintiano fanático, Daniel frequentava jogos do seu time, festas de torcidas organizadas e chegou a publicar no Facebook fotos e comentários sobre a partida do último sábado, vencida por 2 a 0 pelo Palmeiras.

A morte do corintiano aconteceu a cerca de 60 km da Arena Corinthians. Desde abril, por determinação da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e do Ministério Público, clássicos paulistas têm sido realizados com torcida única. A medida, aliás, foi tomada depois de confrontos entre corintianos e palmeirenses, após duelo do Paulistão.

* LANCEPRESS


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.