Campeonato Brasileiro

Ponte Preta vence, afunda o Santa Cruz e garante permanência na primeira divisão

Em Campinas, Ponte Preta não encontrou facilidade contra o vice-lanterna, mas conseguiu a vitória por 3 a 0, e chegou aos 45 pontos

Por: Lancepress
16/10/2016 - 21h18min | Atualizada em 16/10/2016 - 21h18min
Ponte Preta vence, afunda o Santa Cruz e garante permanência na primeira divisão FábioLeoni / PontePress/PontePress
Foto: FábioLeoni / PontePress / PontePress

A Ponte Preta precisava de uma vitória simples para chegar aos 45 pontos e garantir o objetivo da temporada de permanecer na divisão de elite do futebol nacional. Neste domingo, diante do Santa Cruz, no Moisés Lucarelli, a Ponte atingiu a meta e venceu a equipe pernambucana por 3 a 0, em jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a Ponte chegou aos 45 pontos, na décima colocação na tabela, e segue sonhando para chegar ao G-6. O Santa Cruz, por sua vez, encontra-se em uma situação muito delicada: está na vice-lanterna, com apenas 23 pontos somados, e praticamente rebaixado.

Leia mais:
Na estreia de Oswaldo, Corinthians bate lanterna América-MG

Com polêmicas na arbitragem e gol no fim, Botafogo vence o Atlético-MG
Veja a tabela do Brasileirão

O jogo entre Ponte Preta e Santa Cruz foi marcado pela forte disputa no meio-campo. Com os jogadores da equipe coral compactados, as melhores chances da Ponte surgiram pelos lados. No primeiro tempo, Nino Paraíba e Rhayner mostraram entrosamento e passaram fácil pela marcação de Allan Vieira, que logo foi advertido com o cartão amarelo.

Com a marcação alta, a Ponte ainda teve êxito nas recuperações de bola. Sempre com Roger, a referência no ataque, a equipe comandada pelo técnico Eduardo Baptista quase tirou o zero do marcador. Em três chances claras, o camisa 9 fez o torcedor gritar gol por engano. No último minuto da etapa inicial, Clayson fez boa jogada e passou para Roger, que com um toque de calcanhar viu a bola passar rente ao gol defendido por Thiago Cardoso.

Na segunda etapa, com Thiago Galhardo no lugar de Wendel, a Ponte chegou ao gol. Trocando bem a bola, Rhayner recebeu e partiu para a entrada da área. Meio desajeitado e desequilibrado, o camisa 10 acabou caindo, mas, mesmo no chão, conseguiu o passe para Roger. O atacante não desperdiçou dessa vez e marcou para o time de Campinas.

Depois de abrir o placar, ficou fácil. Após cobrança de falta no campo de defesa da Ponte, Roger fez o pivô e ajeitou de peito para Maycon. O camisa 11, de fora da área, pegou de primeira e acertou um belo chute. Na sequência, William Pottker, que entrou no lugar de Clayson, pegou a bola pela primeira vez e, sozinho diante do goleiro do Santa, só empurrou para definir o placar: 3 a 0.

Na sequência do Brasileiro, a Ponte visita o São Paulo, enquanto o Santa Cruz recebe o Botafogo.

Leia outras notícias sobre o Brasileirão

*LANCEPRESS


 

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.