Série A

Estreante se destaca, e Coritiba goleia o Atlético-GO pela primeira rodada do Brasileirão

Tomas Bastos entrou no lugar de Anderson e fez dois gols na vitória por 4 a 1

Por: Lancepress
15/05/2017 - 22h29min | Atualizada em 15/05/2017 - 22h33min
Estreante se destaca, e Coritiba goleia o Atlético-GO pela primeira rodada do Brasileirão JASON SILVA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: JASON SILVA / AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO  

O Coritiba estreou com o pé direito no Campeonato Brasileiro. Na noite desta quarta-feira, o Coxa bateu o Atlético-GO por 4 a 1 no Couto Pereira. O destaque da noite foi o estreante Tomas Bastos, que chegou ao clube na semana passada, após disputar o Estadual com a camisa do J. Malucelli. Ele marcou dois gols e garantiu a vitória do time paranaense.

O Coritiba começou o jogo pressionando muito. Matheus Galdezani teve duas boas oportunidades nos minutos iniciais. A primeira ele bateu por cima, desperdiçando uma ótima chance. Já a segunda, em cobrança de falta, ele exigiu uma boa defesa do goleiro Kléver.

Leia mais:
Paulão desembarca no Rio de Janeiro: "O Vasco é muito grande"
Chapecoense não perdeu com João Pedro e Apodi iniciando a partida
"Ceifador", Scarpa e Abel: os perigos do Fluminense contra o Grêmio

Depois da pressão inicial do Coxa, o Atlético-GO conseguiu equilibrar a partida. Igor, em duas oportunidades, e Walterson assustaram o goleiro Wilson, do Coritiba. 

Quando o jogo estava complicado, o Coritiba marcou dois gols em um espaço de quatro minutos. Aos 30, Henrique Almeida bateu na saída do goleiro Kléver e abriu o placar. Aos 34, Neto Berola arriscou da entrada da área e ampliou. 2 a 0 Coxa.

No meio desse jogo equilibrado, aconteceram dois lances polêmicos envolvendo a arbitragem. O primeiro foi quando o placar ainda era de 0 a 0, quando o Coritiba pediu um toque de mão do zagueiro Ricardo Silva, do Atlético-GO. Já aos 36, quando o resultado já era de 2 a 0 para o Coxa, o atacante Everaldo, do time goiano, marcou. No entanto, foi marcado posição incorretamente impedimento dele.

Já no segundo tempo, o Atlético-GO voltou tentando diminuir. Walter e Igor exigiram boas defesas do goleiro Wilson. Até que, aos 17 minutos, Walter marcou um bonito gol e diminuiu. 2 a 1.

No entanto, a empolgação do Atlético-GO durou pouco tempo. Aos 20 minutos, Tomas Bastos, em cobrança de falta, marcou um bonito gol. 3 a 1. E para completar, o meia marcou mais um, aos 25, em nova cobrança de falta.

*LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.