Artilheiro

Lucca marca duas vezes e Ponte Preta derrota o Atlético-PR

Essa é a segunda vitória consecutiva da Macaca, enquanto o Furacão amargura o sexto jogo sem vencer na Série A

Por: Lancepress
23/07/2017 - 21h13min | Atualizada em 23/07/2017 - 21h47min


Após golear o Coritiba no meio da semana, a Ponte Preta venceu o Atlético-PR por 2 a 0 neste domingo, na Arena da Baixada, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram do artilheiro Lucca. 

Essa é a segunda vitória consecutiva da Macaca, enquanto o Furacão amargura o sexto jogo sem vencer na Série A e tem sido cobrado pela torcida. 

Foto: Guilherme Artigas / Agência Lancepress, Divulgação

Sem conseguir infiltrar na zaga paulista com a bola no chão, o time atleticano chegava apenas em bolas aéreas. Aos 5, Ribamar desviou cruzamento da direita para fora. Com 8, em cobrança de escanteio, Pablo cabeceou por cima do travessão. Cinco minutos depois, Nikão bateu falta da esquerda e Ribamar escorou próximo da trave.

Leia mais:
Grêmio já somou mais pontos fora do que em casa neste Brasileirão

Corinthians vence o Fluminense e tem nove pontos de vantagem no campeonato

Aos 20, em troca de passes perto da área, Sidcley cruzou para Nikão que, de cabeça, tentou encobrir Aranha, mas o goleiro conseguiu espalmar. Rossetto ainda arriscou um chute rasteiro para o arqueiro defender. E foi só. Até o intervalo, o Furacão não conseguiu mais nada e ainda saiu vaiado pela torcida. 

A Ponte, preocupada apenas em se defender, não encaixou nenhum contra-ataque.No início da segunda etapa, a equipe alvinegra foi eficiente. Em sua primeira chegada, após erro na saída de bola de Rossetto, Lucca recebeu passe de Cajá, ganhou na velocidade de Thiago Heleno e deu um toque de categoria na saída de Weverton. 0x1. É o nono gol do atacante em 16 jogos na competição.

A resposta rubro-negra foi quase imediata. Aos 10, Pablo mandou uma bomba para Aranha espalmar e, no rebote, Matheus Anjos pegou de primeira para o goleiro fazer outra difícil defesa. Com 22, Sidcley cruzou e Eduardo da Silva cabeceou em cima do arqueiro. 

Apática e sendo cobrada pela torcida, a equipe atleticana não achava espaços e estava nervosa em campo, dificultando ainda mais as suas chances. As últimas foram em chutes Eduardo da Silva, aos 37, e Gedoz, com 45, mas Aranha evitou a igualdade. 

No fim, Eduardo da Silva ainda derrubou Jadson na área e o juiz deu pênalti. Na cobrança, Lucca cobrou e fez. 0x2. É o décimo gol do atacante na competição, virando artilheiro isolado em 16 jogos realizados. O revés foi alvo de diversos protestos dos torcedores ao apito final, passando pela diretoria, jogadores e técnico.

Com a derrota, o Atlético-PR é o décimo sexto colocado, com 17 pontos e a um da ZR - a Ponte Preta é décima colocada, com 21. Na próxima rodada, o Furacão encara o Vasco da Gama na segunda-feira, às 20h, no Raulino de Oliveira, já a Macaca recebe o Fluminense no domingo, às 16h, no Moisés Lucarelli.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.