Demissão aceita

CBF oficializa saída de Felipão e comissão técnica da Seleção

Presidente José Maria Marin ressalta retorno do orgulho da torcida durante a Copa

14/07/2014 | 18h43
CBF oficializa saída de Felipão e comissão técnica da Seleção VANDERLEI ALMEIDA/AFP
Foto: VANDERLEI ALMEIDA / AFP

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou no fim da tarde desta segunda-feira a saída de Luiz Felipe Scolari do comando da Seleção. A carta de demissão de Felipão entregue ao presidente José Maria Marin foi aceita. O desafio agora é buscar um novo comandante para dar início ao ciclo que se encerrará na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

As opções no mercado brasileiro para substituir Felipão na Seleção
Saída de Felipão da Seleção vira piada nas redes sociais
Os sete momentos de Felipão na segunda passagem pela Seleção


— O Scolari e toda a sua comissão técnica merecem o nosso respeito e agradecimento. Eles foram responsáveis por devolver ao povo brasileiro o seu amor pela Seleção, mesmo não tendo conseguido o nosso objetivo maior — diz Marin em comunicado divulgado no site da CBF.

Na próxima quinta-feira, Marin participará de uma entrevista coletiva na sede da entidade máxima do futebol brasileiro, no Rio de Janeiro. Ele faz questão de ressaltar o "orgulho" dos torcedores em voltar a torcer pela Seleção.

— Vimos nas ruas o povo vestido de verde-amarelo, exibindo a bandeira nacional com orgulho e mostrando sua paixão pela Seleção Brasileira como há muito tempo não acontecia. Claro que essa comissão técnica e esses jogadores contribuíram decisivamente para que esse sentimento voltasse. A todos eles, portanto, o nosso renovado agradecimento — conclui o texto.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.