Nota 4

Márcio Chagas sobre o árbitro de Brasil x Holanda: "Foi o protagonista negativo"

Para o comentarista, Djamel Haimoudi teve uma atuação comprometedora

12/07/2014 | 19h16
Márcio Chagas sobre o árbitro de Brasil x Holanda: "Foi o protagonista negativo" VANDERLEI ALMEIDA/AFP
Foto: VANDERLEI ALMEIDA / AFP

Djamel Haimoudi não soube aproveitar a grande oportunidade de sua carreira na Copa do Mundo. Foi o protagonista negativo na disputa de terceiro lugar entre Brasil e Holanda.

Com um minuto de jogo, cometeu dois erros em sua decisão de assinalar uma penalidade inexistente, pois a infração ocorreu fora da área, e ainda advertiu com cartão amarelo o jogador brasileiro Thiago Silva, quando ele deveria ter sido expulso diretamente. Depois foi a vez do assistente Abdelhak Etchiali. Ele não sinalizou um impedimento de Wijnaldum, que foi à linha de fundo e cruzou para o gol de Blind.

Veja as estatísticas da partida
Leia todas as notícias sobre a Copa 2014
Confira a tabela completa do Mundial

Na segunda etapa, os jogadores brasileiros esqueceram de jogar futebol e começaram a dar pontapés e carrinhos desleais nos jogadores holandeses. A conivência do árbitro argelino Djamel Haimoudi, ao não punir disciplinarmente os atletas David Luiz, Fernandinho, Maxwell e Hernanes, que deveriam ser expulsos diretamente, acentuou ainda mais a fraqueza de mais uma arbitragem desastrosa nesse Mundial.

A Copa ficou marcada por baixar estatísticas em número de faltas, cartões amarelos e vermelhos. A regra foi esquecida e descumprida, favorecendo os jogadores brutos com um novo jeito de apitar.

Baixe o aplicativo Além do Campo, da Liga dos Fanáticos, e siga as seleções da Copa.
 
Android
 
iOS

*ZHESPORTES

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.