Escore mínimo

Grêmio resolve no início, supera o Canoas e garante vaga na final da Farroupilha

Equipe de Luxemburgo venceu com gol de André Lima e perdeu Léo Gago para a decisão

21/04/2012 | 17h54
Grêmio resolve no início, supera o Canoas e garante vaga na final da Farroupilha Mauro Vieira/
André Lima marcou o único gol do Grêmio diante do Canoas neste sábado Foto: Mauro Vieira

O Grêmio está na final da Taça Farroupilha do Gauchão. Com uma vitória por 1 a 0, bateu o Canoas no Olímpico e espera por Inter ou Veranópolis para decidir o returno no próximo domingo.

A galeria de fotos da vitória tricolor no Estádio Olímpico
Relembre todos os lances da partida no blog Dupla ao Vivo

O único gol da partida foi marcado logo no começo, pelo atacante André Lima, aos seis minutos de jogo. No entanto, o Grêmio terá o desfalque de Léo Gago na decisão, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo recebido neste sábado.

Inter e Veranópolis definem o adversário tricolor na final da Taça Farroupilha neste domingo, a partir das 16h, no Beira-Rio.


Grêmio marca no começo e diminui o ritmo

O Grêmio entrou no gramado do Olímpico disposto a não deixar o Canoas jogar. Foi o que aconteceu nos minutos iniciais do jogo. A pressão era toda tricolor. Aos 13 segundos de jogo, o time de Vanderlei Luxemburgo quase marcou. Souza cruzou na área, André Lima desviou para Gabriel, que, dentro da área, não conseguiu o arremate.

A blitz tricolor seguia. Aos cinco minutos, novo cruzamento de Souza: André Lima errou em bola, o zagueiro Renato Martins também se atrapalhou e Bertoglio chegou para conferir. No entanto, Martins conseguiu se recuperar e afastou o perigo. Um minuto depois, a pressão gremista deu resultado.

Em lançamento para a área, o goleiro Vaná se atrapalhou ao fazer a defesa e a bola sobrou para Gabriel. O lateral gremista se enroscou com o arqueiro e a bola sobrou para Souza levantar novamente na área. André Lima cabeceou no travessão e pegou o rebote para abrir o placar no Olímpico.

Aos 14 minutos, o Grêmio quase ampliou: Bertoglio fez grande jogada pela ponta esquerda e cruzou para Marco Antonio, que desviou de primeira, rente ao poste direito de Vaná. Aos 20, André Lima caiu na área e pediu pênalti. No entanto, o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima mandou seguir.

Com o gol, aos poucos, o ritmo do Grêmio acabou caindo. E o Canoas começou a crescer na partida. Aos 27 minutos, teve chance preciosa para empatar o placar. Jé cobrou falta na entrada da área com muito perigo, rente ao poste direito de Victor.

Aos 28 minutos, outra chance para a equipe de Rogério Zimmermann. Miro Bahia fez boa jogada pela ponta esquerda e sofreu falta. Na cobrança, Dudé tentou encobrir Victor e chutou por cima. Para fora. Apesar do ímpeto do time visitante, o placar seguiu inalterado. A primeira etapa terminou com vantagem do Grêmio.


Nova blitz, chances perdidas e vaga com escore mínimo

Tanto Grêmio quanto Canoas voltaram do vestiário sem alterações. O time comandado por Vanderlei Luxemburgo repetiu a intensa blitz nos minutos iniciais do segundo tempo.

Aos dois minutos, bela jogada de André Lima e Pará pela ponta esquerda. Passe para Souza, dentro da área, que pegou de primeira e mandou no ângulo de Vaná, que foi buscar e espalmou pela linha de fundo.

No lance seguinte, cobrança de escanteio: Werley subiu no segundo andar para cabecear e obrigou o goleiro do Canoas a fazer nova intervenção. Três minutos depois, nova chance para o Grêmio. Falta na entrada da área e Fernando cobrou com perigo, por cima do gol de Vaná.

No contragolpe do Canoas, uma perda para o Grêmio. Léo Gago parou a jogada com falta e tomou o terceiro cartão amarelo. Assim, está fora da decisão na Taça Farroupilha, diante de Inter ou Veranópolis no próximo domingo.

Por conta disso, Luxemburgo resolveu mexer no time. Sacou Gago e colocou Miralles em campo. O argentino vitaminou o ataque do Grêmio. Logo em seu primeiro lance em campo, recebeu lançamento de Gabriel e puxou o contragolpe pela ponta esquerda. No entanto, acabou desarmado pelo zagueiro Carvalho.

O argentino levou perigo para o gol de Vaná logo em seguida. André Lima fez boa jogada pela esquerda, cruzou para Miralles, dentro da área, que obrigou Vaná a fazer grande defesa. Outra chance para o camisa 18 veio aos 23 minutos. Na ponta esquerda, tentou encobrir o goleiro do Canoas. No entanto, o chute saiu por cima.

Luxemburgo fez novas mudanças no Grêmio. Preservou Bertoglio, que estava pendurado com dois cartões amarelos e mandou Marquinhos a campo. Também sacou André Lima, que estava na mesma situação do argentino, e colocou Felipe Nunes.

Em seguida, o Canoas acabou com um jogador expulso. O zagueiro Renato Martins deu um cotovelaço em Miralles, ganhou o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

Com bom rendimento, Miralles foi o avalista de outras três chances de gol no final do jogo. Aos 34 minutos, o argentino tabelou com André Lima, que recebeu livre dentro da área e chutou a esquerda do gol de Vaná.

Onze minutos depois, o camisa 18 dominou a bola na ponta esquerda e chutou fraco. Já aos 47, nos acréscimos, Miralles avançou área a dentro e marcou um gol. No entanto, estava em posição irregular e o árbitro anulou o lance.

No final da partida, vaga garantida com escore mínimo diante do Canoas no Olímpico. Agora o Grêmio espera por Inter ou Veranópolis para decidir o returno no próximo domingo. As duas equipes definem o adversário tricolor na final da Taça Farroupilha neste domingo, a partir das 16h, no Beira-Rio.


FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 1 X 0 CANOAS

Local: Olímpico, Porto Alegre (RS)

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima, auxiliado por Jose Javel Silveira e Alexandre Kleiniche

Renda/Público: R$ 417.409,00/15.282 pagantes/19.358 total

Cartões amarelos: Léo Gago, Werley e Souza (GRE); Brock, Carvalho, Renato Martins e Miro Bahia (CAN)

Cartões vermelhos: Renato Martins (CAN)

GOL: André Lima, 6'/1T (1-0)

GRÊMIO:
Victor, Gabriel, Werley, Gilberto Silva e Pará; Fernando, Souza, Léo Gago (Miralles, 10'/2T) e Marco Antônio; Bertoglio (Marquinhos, 28'/2T) e André Lima (Felipe Nunes, 37'/2T)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CANOAS:

Vaná, Renato Martins, Cauê Carvalho e Brock; Rondinelle, Dudé, Moisés, Jé, Miro Bahia (Maxwell, 41'/2T) e Tiago Silva (Diogo Rincón, 29'/2T); Márcio Jonatan
Técnico: Rogério Zimmermann


VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.