Julgamento interno

Dois policiais são indiciados por excessos durante partidas do Gauchão

Policiais deverão cumprir penas administrativas, mas não serão excluídos da corporação

17/05/2012 | 17h59
Dois policiais são indiciados por excessos durante partidas do Gauchão Andrea Graiz/clicRBS
"A investigação entendeu que o que aconteceu foi uma transgressão disciplinar", disse o tenente-coronel Correa Alves Foto: Andrea Graiz / clicRBS

Dois policiais foram indiciados por excessos durante partidas do Campeonato Gaúcho 2012. Os incidentes aconteceram nos dias 25 e 26 de março, durante a quarta rodada da Taça Farroupilha. No sábado, dia 25, um cachorro da Polícia mordeu o jogador Vanderlei, do Caxias, durante tumulto em partida contra o Novo Hamburgo. Já no domingo, um PM utilizou spray de pimenta contra o volante Alberto, do Cruzeiro, em confusão no jogo contra o Grêmio.

A sindicância da Brigada Militar apurou que houve excesso por parte dos dois policiais. Segundo o tenente-coronel do Comando da Corporação do Vale dos Sinos, José Nilo Correa Alves, os policiais serão julgados internamente.

— A investigação entendeu que o que aconteceu foi uma transgressão disciplinar por parte dos dois policias. Ambos irão responder a um procedimento administrativo disciplinar, e terão dez dias para se defender das acusações — explica ele.

Conforme o tenente-coronel, possivelmente os policiais cumprirão penas administrativas, mas não serão excluídos da corporação.

Leia mais sobre o assunto no blog Caso de Polícia.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.