Em busca do título

Dupla de ataque do Caxias aposta na velocidade para surpreender o Inter na final

Caion e Vanderlei disputarão primeira decisão da carreira

02/05/2012 | 08h42
Dupla de ataque do Caxias aposta na velocidade para surpreender o Inter na final Roni Rigon /
Vanderlei e Caion atuaram juntos em praticamente todos jogos da Taça Piratini e querem repetir sucesso na final do Gauchão Foto: Roni Rigon

Uma decisão inédita e especial. Na primeira final da carreira, os jovens atacantes Vanderlei e Caion terão pela frente uma dupla muito experiente. Nada que assuste os jogadores grenás para o confronto de domingo, às 16h, no Centenário.

Sem Rodrigo Moledo, suspenso, os multicampeões Bolívar e Índio serão os adversários a serem transpostos pelo ataque grená. Confiantes e motivados, os jogadores do Caxias querem surpreender. E a aposta está na característica dos atacantes.

— Não podemos deixar eles se imporem. Precisamos fazer a diferença, com velocidade e muita movimentação — destaca Caion.

Vanderlei, 24 anos, tem sido um dos destaques do time na competição. Com velocidade e ousadia na hora do drible, foi peça fundamental na conquista da Taça Piratini, quando marcou quatro gols, sendo um na final contra o Novo Hamburgo.

— A expectativa não poderia ser melhor. No primeiro Gauchão já chegar na final. É incrível — comenta.

O mesmo vale para Caion. Titular no primeiro turno, depois da lesão de Rafael Santiago, o centroavante ainda não conseguiu cair nas graças do torcedor. Porém, também teve papel decisivo em momentos importantes da caminhada grená, marcando gols contra Juventude e Canoas. Para conquistar de vez a confiança, nada melhor que cumprir um bom papel na final.

— Quero fazer uma grande partida. Ainda sou bastante jovem e quero começar a construir uma história de conquistas desde cedo — afirma Caion.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.