Sem punição

Novo Hamburgo é absolvido em suposto ato de racismo no Gauchão

TJD-RS decidiu por unanimidade que o clube não seria punido

Por: ZH Esportes
08/06/2017 - 10h01min | Atualizada em 08/06/2017 - 10h01min
Novo Hamburgo é absolvido em suposto ato de racismo no Gauchão Facebook / Reprodução/Reprodução
Caso envolveu o zagueiro Wagner, que jogou o Gauchão pelo São José Foto: Facebook / Reprodução / Reprodução  

O Novo Hamburgo foi absolvido nesta quarta-feira (7) pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul (TJD-RS) pelo suposto caso de racismo na partida contra o São José, pelo Gauchão. De acordo com o vice-presidente de futebol Everton Cury, a decisão ocorreu de forma unânime — com oito votos a zero.

Leia mais:

Um mês depois do título gaúcho, Beto Campos estuda e planeja retorno
São Luiz goleia o Inter-SM e vai disputar o Gauchão 2018
Técnico do Avenida destaca planejamento depois de acesso

O campeão gaúcho foi denunciado pelo procurador Alberto Franco com base no artigo 243 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que cita ato discriminatório em razão da cor. Em jogo válido pelas quartas de final do campeonato, o zagueiro Wagner, do São José, citou que havia sofrido atos de injúria racial no Estádio do Vale.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.