Cotado para assumir

Empresário confirma desejo de Caio Junior em trabalhar no Grêmio

Ex-zagueiro Jorge Baidek diz que técnico mantém contato com a diretoria do clube

Por: Luís Henrique Benfica
29/11/2011 - 19h11min
Empresário confirma desejo de Caio Junior em trabalhar no Grêmio Satiro Sodré/AGIF
Caio Junior pode assumir o comando técnico do Grêmio em 2012 Foto: Satiro Sodré / AGIF  

Com propostas de outros clubes brasileiros e também do mundo árabe, Caio Junior dá preferência ao Grêmio. A garantia é de seu empresário, o ex-zagueiro gremista Jorge Baidek, que confirma já ter mantido contato com representantes do Grêmio.

— O negócio pode ser finalizado nos próximos dias. Ele tem uma vontade muito grande de retornar ao clube onde conquistou muitos títulos como jogador e ainda possui grandes amigos. Nem se fala em parte financeira. Não haveria qualquer dificuldade, já que este é o desejo dele — disse Baidek, lembrando que Caio Junior chegou ao Grêmio com 14 anos.

Enquete: Quem deve ser o novo técnico do Grêmio?

O treinador aproveita os últimos dias de sua viagem à Espanha. Sábado, irá assistir a Barcelona e Levante. A tendência é que retorne ao Brasil na segunda-feira.


Próximos jogos:
04/12 - 17h - Inter x Grêmio




Simulador de classificação 
Faça suas previsões rodada a rodada e confira como seu time fica na tabela de classificação do Brasileirão 2011



Histórico de desempenho 
Confira como foi o seu time nas últimas edições do Brasileirão e compare o desempenho com o de outras equipes em gráficos


Seleção de Craques
Monte sua seleção de craques do Brasileirão 2011 e compartilhe com os seus amigos. Escolha jogadores, o técnico e também o esquema tático

Notícias Relacionadas

Preparação para o Gre-Nal 29/11/2011 | 17h35

Aos gritos de "fica", Roth assiste ao coletivo entre reservas e juniores

Atividades foram comandadas pelo auxiliar Roger Machado no gramado do Olímpico

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.