Qual é a nota?

Cotação ZH: A avaliação dos jogadores na vitória do Inter no Gre-Nal 392

Fabrício e Dátolo foram os destaques no confronto final da Taça Farroupilha

29/04/2012 | 20h05
Cotação ZH: A avaliação dos jogadores na vitória do Inter no Gre-Nal 392 Mateus Bruxel/
Lateral-esquerdo Fabrício marcou de cabeça o gol da vitória do Inter Foto: Mateus Bruxel

INTER
Muriel:
Não teve culpa no gol e, no restante, mostrou firmeza nas saídas do gol durante o velho chuveirinho das cobranças de falta. Nota 7

Jackson: Dorival o usou para explorar a velocidade. Deu certo. Fará 22 anos no dia 1º de maio e jogou como um experiente. Nota 7

Moledo: Fora o recuo de bola que deu origem à falta que resultou no gol do Grêmio, esteve firme. Nota 6

Índio: Não deu uma chance a André Lima e a Moreno. Nesse Gre-Nal, só não obteve sucesso nas rotineiras conclusões no ataque. Nota 7

Fabrício: Bertoglio, tentou; Miralles tentou, mas Fabrício os segurou e ainda marcou o gol da vitória num momento decisivo do clássico. Nota 8

Sandro Silva: Um volante que cobre os dois lados com igual intensidade, é pegador e sabe sair jogando. Nota 7

Guiñazu: Atuação sem erro, e não usou o excesso de força que outras vezes prejudicaram o time. Nota 7

Tinga: Incansável. Marcou e armou com a mesma intensidade. Também pelo seu ritmo o Inter venceu o meio de campo. Nota 7

Dátolo: Além do gol, de quem tem gana para chutar, pelos seus pés passaram os melhores lances de ataque do Inter. Nota 8

Jajá: Movimentação intensa, desferiu um chute espetacular no bom Victor e, quando cansou, ainda cobrou o escanteio do gol de Fabrício. Nota 7
 
Leandro Damião: Tem o seu valor ao levar alguma vantagem mesmo tendo Gilberto Silva em seu calcanhar. Uma cabeçada diante de Victor. Nota 7
 
Jô: No lugar do lesionado Dátolo, ajudou a segurar o 2 a 1 ao final do clássico. Nota 6
 
Bolatti: No lugar de Jajá, usou o seu 1m90cm de altura para afastar a reação do Grêmio. Nota 6
 
GRÊMIO
Victor: Sem culpa nos gols, fez duas defesas de cinema em chutes de Damião e Jajá. Nota 7
 
Gabriel: Rebotou para o centro a bola que permitiu o gol de Dátolo. Produziu pouco. Nota 4
 
Werley: Sofreu com a briga com Damião, mas marcou um gol que deu esperança ao Grêmio. Nota 7
 
Gilberto Silva: Não errou e conseguiu segurar as investidas de Damião. Nota 7
 
Pará: Quase sem trabalho pelo seu lado, foi só uma vez à linha de fundo, Nota 5
 
Fernando: Perfeita cobrança de falta que deu origem ao gol de Werley. Nota 6
 
Souza: Na maior parte do jogo, foi envolvido pelo toque do meio do Inter. Nota 5
 
Marco Antonio: Não se juntou a Pará pelo lado esquerdo e nem criou o suficiente. Nota 5
 
Bertoglio: Não conseguiu vantagem pessoal nem uma conclusão a gol. Nota 5
 
Miralles: Sem força e sem lance que de perigo que justificasse sua escalação. Nota 4
 
André Lima: Nada produziu. Foi sacado no intervalo. Nota 4
 
Marquinhos: Quando entrou no segundo tempo, equilibrou o jogo, mas logo caiu. Nota 5
 
Moreno: Mais eficiente do que André Lima e incomodou muito. Nota 6

Leandro: Tentou suas arrancadas, mas nada conseguiu. Nota 5
 

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.