Gre-Nal 392

Fernando vê Inter como favorito e fala em cautela para evitar surpresas no clássico

Volante vê vantagem pelo desfalque de D'Alessandro no rival e elogia o momento de Dátolo

24/04/2012 | 20h34
Fernando vê Inter como favorito e fala em cautela para evitar surpresas no clássico Lucas Uebel/Gremio.net
"Temos que entrar com cautela para não ter surpresas", afirma Fernando sobre o Gre-Nal Foto: Lucas Uebel / Gremio.net

A preparação para o Gre-Nal 392 iniciou no Estádio Olímpico com um treino físico na manhã para o grupo e um jogo-treino para os reservas na tarde. A semana tricolor é focada no clássico do próximo domingo, no Beira-Rio, que definirá o título da Taça Farroupilha do Gauchão. Situação contrária do rival, que receberá o Fluminense nesta quarta, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

Apesar do maior tempo de preparação, o volante Fernando considera o Inter como favorito para a partida deste domingo. No entanto, o camisa 17 acredita que o grupo tricolor também não é "de se jogar no lixo" e relembra o resultado positivo diante do rival no Gre-Nal das quartas de final no primeiro turno.

— Na minha opinião, o Inter é favorito. Todos falam que o Inter está melhor que o Grêmio, vão jogar na casa deles, com a torcida deles. Mas nos 90 minutos que a gente jogou lá, no primeiro turno, provamos que a gente não tem jogadores de se jogar no lixo. Tem tudo para ser um grande clássico, atípico — disse Fernando, que também relembrou o clássico vencido por 2 a 1 no primeiro turno:

— Naquele momento, a gente ouviu muitas coisas que a gente sabia que não era verdade. Acho que 80% apostava no Inter naquele momento. A gente foi lá e fez uma das nossas melhores partidas no ano. Tem tudo para a gente fazer um bom jogo no domingo.

O Inter terá o desfalque do meia D'Alessandro no Gre-Nal. O camisa 10 rival sofreu lesão muscular na partida diante do Veranópolis e ficará afastado de três a quatro semanas. Fernando vê a ausência do jogador como uma vantagem. No entanto, também destaca o bom momento de outro argentino que tem se destacado no Beira-Rio: Dátolo.

— A gente até fica feliz por isso, né, de ele não jogar contra nós. Tem o Dátolo que está vivendo um grande momento no Inter, o Tinga, grandes jogadores de qualidade, o Jajá também. A gente tem que estar esperto ao Inter como um todo. Um jogador pode fazer a diferença, é claro. Mas ele precisa dos outros dez. Temos que entrar com cautela para não ter surpresas — ressalta Fernando.

Nesta quarta-feira, o grupo de jogadores fará treinamentos em dois turnos mais uma vez. A partida diante do Inter, que decide o título da Taça Farroupilha, acontece neste domingo, a partir das 16h, no Beira-Rio.


 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.