Quem entra?

Para Mazaropi e Cacalo, Marquinhos deve ser o substituto de Léo Gago: "Mantém o padrão"

Ex-goleiro gremista acredita que Vanderlei Luxemburgo não surpreenderá no Gre-Nal do próximo domingo

23/04/2012 | 11h52
Para Mazaropi e Cacalo, Marquinhos deve ser o substituto de Léo Gago: "Mantém o padrão" Sergio Roberto/Futura Press/
Léo Gago está suspenso devido ao terceiro cartão amarelo e não joga o Gre-Nal Foto: Sergio Roberto/Futura Press

Para os gremistas, a semana Gre-Nal inicia com uma questão pontual: quem será o substituto de Léo Gago no meio-campo gremista para o clássico contra o Inter no próximo domingo? Ainda no sábado, na semifinal contra o Canoas, o volante recebeu o terceiro cartão amarelo e é desfalque de Vanderlei Luxemburgo para o confronto marcado para as 16h de domingo, no Beira-Rio.

Três opções podem surgir ao longo dos treinamentos da semana: Vilson, Felipe Guedes e Marquinhos. Confira abaixo o que pensa o comentarista e técnico Claudio Duarte, o ex-presidente Antonio Carlos Silveira Martins, o Cacalo, e o ex-goleiro gremista Mazaropi sobre o assunto que estará nas mesas de debate entre gremistas — e até colorados.

Mazaropi

"Perder o Gago é um problema pois o meio-campo do Grêmio estava ganhando uma consistência. E ele dá um poder de marcação muito grande para o Vanderlei. É uma grande perda para o Gre-Nal. Mas o Vanderlei é bom estrategista, pode surpreender. Ele pode usar um jogador mais de frente, quem sabe o Bertoglio, que daí teria de ajudar na marcação e ir à frente para jogar com o André Lima e o Miralles. Quem sabe até a entrada do Marquinhos, jogando pelos lados do campo, compondo o meio com o Souza. Ele sabe o que representa o Gre-Nal, principalmente esse. Eu acredito que ele não vai surpreender. Vai manter o padrão de jogo, entrando o Marquinhos."

Cacalo

"Eu colocaria o Vilson, mas acho que ele vai de Marquinhos. O Vilson é veloz, protege a área e sabe sair para frente, o Vanderlei ganharia com posse de bola, bom passe, além de ter qualidade para tocar a bola na saída de jogo, também. Mas conhecendo o Luxemburgo, eu apostaria que ele vai de Marquinhos.

Claudio Duarte

"Hoje em dia o futebol não tem mais essa nomenclatura de 'substituto natural', depende muito da estratégia dele para o jogo. O importante é que ele tem opções no elendo para aquilo que ele planeja, seja defensiva ou ofensivamente. Hoje no futebol o importante é ter as alternativas. Eu entendo que ele tem no grupo várias possibilidades. Não vou falar nomes, por questões éticas. O que não dá para dizer é que o Léo é insubstituível. Pois não é."

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.