Dúvida de Luxa

Mesmo relacionados, Moreno e Leandro não devem atuar diante do Fortaleza

Departamento médico demonstra pessimismo na recuperação dos jogadores para essa quarta

08/05/2012 | 19h02
Mesmo relacionados, Moreno e Leandro não devem atuar diante do Fortaleza Bruno Alencastro/Agencia RBS
Leandro (E) e Moreno (D) não devem atuar contra o Fortaleza nesta quarta-feira Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

Contra o Fortaleza, nesta quarta-feira, a partir das 22h, no jogo de volta pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Grêmio não deve contar com os atacantes Marcelo Moreno e Leandro.

No treino de segunda-feira, Moreno voltou a sentir um desconforto muscular na coxa direita, na qual teve lesão de grau 1 após o jogo contra o Ipatinga em Minas Gerais. Já Leandro, levou uma pancada no cotovelo durante a atividade de ontem e preocupa mais.

Os dois não treinaram nesta terça, mas estão relacionados para enfrentar o Fortaleza. No entanto, o departamento médico demonstra pessimismo na recuperação dos jogadores a tempo de encarar a equipe cearense.

— Ainda não está definido se os dois terão condições de jogo. Ainda serão reavaliados, mas é pouco provável que eles joguem amanhã — afirma o médico Márcio Bolzoni.

Sem Moreno e Leandro, a disputa pela vaga ao lado de André Lima tem sotaque espanhol. Os argentinos Bertoglio e Miralles são as opções com mais chances de começar a partida.

O técnico Vanderlei Luxemburgo até citou a possibilidade de utilizar o garoto Felipe Nunes no ataque contra o Fortaleza. No entanto, o meia de 21 anos deve ficar no banco de reservas.

O restante da equipe está definida. A formação que deve ir a campo contra o Fortaleza terá: Victor, Edilson, Naldo, Gilberto Silva e Dener; Fernando, Souza, Léo Gago e Marco Antonio; Bertoglio (Miralles/Moreno) e André Lima. 




Confira a lista de bares que transmitem Grêmio x Fortaleza
Assista a Grêmio x Fortaleza pela RBS TV

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.