Confirmado!

Zé Roberto é anunciado oficialmente como novo reforço do Grêmio

Em entrevista coletiva, Paulo Odone confirmou acerto do ex-meia da Seleção

04/05/2012 | 11h21
Zé Roberto é anunciado oficialmente como novo reforço do Grêmio Divulgação, Al Gharafa/
Zé Roberto deve chegar a Porto Alegre no dia 22 de maio, três dias após o fim do seu contrato com o Al Gharafa Foto: Divulgação, Al Gharafa

Agora é mais do que oficial: Zé Roberto é o novo reforço do Grêmio para a temporada. O acerto foi confirmado pelo presidente Paulo Odone em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira. O ex-meia da Seleção Brasileira, que atualmente no Al Gharafa, do Catar, chega ao Olímpico no fim de maio com contrato até dezembro e possibilidade de prorrogação até dezembro de 2013.

– Ontem tivemos a alegria de concluir a negociação do Zé Roberto. O nosso 10 que o nosso torcedor espera. Um jogador inteligente, que conhece o jogo, com o aval do técnico Vanderlei Luxemburgo e dos nossos preparadores físicos – elogiou Paulo Odone.

Leia mais:
Técnico de Zé Roberto, Silas atesta boa forma do meia: "Jogaria no Barcelona"
CBF estuda antecipação da janela e pode beneficiar Zé Roberto e o Grêmio

Prestes a completar 38 anos em julho, Zé Roberto deve se apresentar ao Grêmio no dia 22 de maio para realizar os exames médicos. No dia 4 junho, o meia inicia os treinamentos com a equipe no Estádio Olímpico.

O início
Os primeiros passos no futebol foram justamente como meia-esquerda, posição em que o jogador começou a carreira aos sete anos, na escolinha Os Pequeninos do Jóquei, localizada no elegante bairro do Morumbi, em São Paulo. Até mesmo nos primeiros testes na Portuguesa, em 1993, Zé Roberto apresentou-se como jogador de meia-cancha. O experiente técnico dos juniores do clube do Canindé, Zé Maria, foi o responsável pela passagem do jogador para a lateral-esquerda, posição na qual se consagrou e de onde foi convocado para a Seleção Brasileira por Zagallo.

Para contar em seu grupo com Zé Roberto, a Portuguesa deve agradecer aos céus por ter sua sede localizada próxima à Marginal do Tietê, o local de maior afluência de trânsito da cidade. Foi por passar todos os dias em frente ao Estádio do Canindé a caminho do trabalho, que a senhora Maria Andrezina, mãe de Zé Roberto, enxergou uma faixa com uma chamada para jogadores interessados em fazer um teste na Portuguesa. Apesar do garoto preferir ser testado no Corinthians, o clube do seu coração na época, Maria insistiu para que tentasse a sorte no clube de origem lusitana. "Minha mãe sempre me apoiou e decidi respeitar a vontade dela", contou o jogador. Para a alegria dos torcedores da Portuguesa que viram o jogador brilhar na final do Campeonato Brasileiro de 1996 contra o Grêmio.


Foto: Paulo Franken, Banco de Dados


Exterior e volta ao Brasil
Após ser revelado no Canindé, Zé Roberto fechou contrato com o Real Madrid. Um ano depois voltou ao Brasil para atuar pelo Flamengo. Com uma passagem curta pelo Rio, Zé Roberto negociou com o Bayer Leverkusen e voltou para a Europa em 1998.

Auge na Alemanha
Atuou no Bayer Leverkusen durante quatro anos e transferiu-se para outro clube alemão em 2002, o Bayern de Munique. Na nova equipe conquistou os principais títulos da carreira, vencendo o campeonato nacional por três vezes consecutivas. Na Alemanha, atingiu o auge de sua  carreira.


Foto: Kai Pfaffenbach,Reuters,Banco de Dados

Ídolo no Santos
Após nove anos fora do Brasil, Zé Roberto fechou contrato de empréstimo com o Santos. Com a equipe, conquistou o título do Campeonato Paulista de 2007 com o grupo e virou ídolo da torcida na Vila Belmiro. Foi apontado como o melhor jogador em atividade no país naquele ano.


Foto: Andre Penner,AP, Banco de Dados

Retorno à Europa
De volta ao Bayern Munique, o meia atuou no clube por uma temporada, quando conquistou mais um título nacional. Em 2009 se transferiu para o Hamburgo, onde jogou por dois anos.

Experiência no deserto
Em 2011, após não renovar com o Hamburgo, Zé Roberto assinou com o Al Gharafa, do Catar. Apesar de um bom desempenho em campo, ficou afastado do time principal e fora dos planos até a contratação do técnico Silas pelo clube, que lhe deu nova chance. Voltou a jogar na partida contra o Al Arabi, no dia 27 de janeiro, quando fez uma marca invejável para a idade que tem: além de permanecer em campo durante os 90 minutos, correu 12 quilômetros.

Seleção Brasileira
Zé Roberto foi convocado pela primeira vez por Zagallo quando ainda atuava na Portuguesa. Pela Seleção Brasileira, conquistou a Copa América em 97 e 99 e a Copa das Confederações em 97 e 2005 e participou de duas Copas do Mundo (98 e 2006).


Foto: André Feltes, Banco de Dados

Confira a trajetória de Zé Roberto:
1994 - 1997 - Portuguesa
1997-1998 - Real Madrid
1998 - Flamengo
1998-2002 - Bayer Leverkussen
2002-2006 - Bayern de Munique
2006-2007 - Santos
20007-2009 - Bayern de Munique
2009-2011 - Hamburgo
2011-2012 - Al Gharafa

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.