Aliviada do chefe

Luxa absolve erro de Rondinelly contra o Palmeiras: "Pensamento é de preservar"

Meia que substituiu Marco Antonio furou em bola e gerou contragolpe que resultou no primeiro gol

14/06/2012 | 21h35
Luxa absolve erro de Rondinelly contra o Palmeiras: "Pensamento é de preservar" Adriano de Carvalho/Agencia RBS
Apesar de furada em bola no final do jogo, Rondinelly (E) deu maior mobilidade ao meio-campo do Grêmio contra o Palmeiras Foto: Adriano de Carvalho / Agencia RBS

O jogo já se encaminhava para o empate em 0 a 0. No entanto, no final, aos 41 minutos do segundo tempo, o Palmeiras puxou um contragolpe com Cicinho, pela ponta direita, que rolou para Mazinho, dentro da área, que desviou de Victor e marcou o primeiro gol da equipe de Felipão no Olímpico.

A trágica cena para os gremistas teve origem em uma furada em bola de Rondinelly, que possibilitou a ação ofensiva palmeirense. Quatro minutos depois, Barcos ampliaria o placar para o time de Felipão e selaria o 2 a 0 frente a 45 mil gremistas.

A falha do meia tricolor, que substituiu um apagado Marco Antonio no segundo tempo, tomaria maior proporção quando citada várias vezes por Vanderlei Luxemburgo na entrevista coletiva ao final da partida. O treinador acredita que o ocorrido foi uma fatalidade e diz que sua ideia é preservar o garoto.

— A cultura no Brasil é sempre de responsabilizar uma pessoa. Se ele tivesse acertado o chute e jogado a bola na arquibancada, estaria tudo certo. O meu pensamento é de preservar o menino — afirmou Luxa em entrevista nesta quinta.

Para a partida neste domingo, contra o Náutico, a partir das 18h30min, pelo Brasileirão, o técnico deve mandar o que tem de melhor a campo. Na manhã desta sexta, Luxa realiza o último treino no Olímpico antes da partida. No começo da tarde, a delegação embarca para Recife.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.