Nova aposta

Tony ignora pouco tempo no Grêmio e se vê pronto para ser titular

Com as lesões de Pará e Júlio César, Vanderlei Luxemburgo deve utilizar o jogador nas próximas partidas

26/06/2012 | 17h10
Tony ignora pouco tempo no Grêmio e se vê pronto para ser titular  Lucas Uebel/Gremio.net
Tony participou da partida contra o Flamengo e pode assumir posição na equipe titular Foto: Lucas Uebel / Gremio.net
A lesão de Pará pode mexer nas duas laterais do Grêmio. Foi o que aconteceu no último domingo, quando Tony entrou no intervalo e Edilson foi deslocado para o lado esquerdo. Mesmo com apenas dois jogos pelo clube, o ex-jogador do Juventus (SP) se diz pronto para ser titular gremista.

Tony foi apresentado no dia 15 de maio, há menos de dois meses. No próximo fim de semana, na partida com o Atlético-MG, no Olímpico, ele pode ganhar uma chance, já que Luxemburgo terá de substituir Pará. Além da improvisação de Edilson, há a possibilidade de Anderson Pico ser utilizado ou Léo Gago deslocado para o setor.

— Eu venho trabalhando forte para isso, independente de quem esteja jogando. O Edilson é titular e está muito bem, mas estou buscando meu espaço, o treinador sabe quem vai jogar, então ele que decide. Mas se me escolher, estou preparado para isso — disse o jogador.

Na vitória sobre o Flamengo, Tony mostrou muita força no apoio. Busca a linha de fundo a todo momento – só no jogo, foi três vezes tentar o cruzamento em poucos minutos. Por outro lado, Luxemburgo o orienta para melhorar na marcação.

— É o ponto forte, ir para cima e tentar a linha de fundo para cruzar. Tentei fazer algumas vezes, mas errei o cruzamento. Foi o máximo que pude dar. Quero ser titular independente de quem joga. Busco meu espaço devagar, e quem sabe posso jogar. Estou pronto — destacou o camisa 32.

A partir desta quarta-feira, Luxemburgo começa a pensar quem vai jogar na vaga de Pará. O Grêmio se reapresenta pela manhã, e treina também no período da tarde.
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.