Drible na Justiça

Brigada terá fotos e dados para conter infratores na entrada dos estádios

Procedimento começa a ser adotado já no jogo entre Grêmio e Fluminense, nesta quarta

24/07/2012 | 22h35
Brigada terá fotos e dados para conter infratores na entrada dos estádios Wesley Santos/Divulgação
No jogo desta quarta-feira, 13 policiais terão a função adicional de fiscalizar o ingresso de torcedores proibidos de entrar Foto: Wesley Santos / Divulgação

Para apertar o cerco contra torcedores proibidos de ingressar nos estádios, o Batalhão de Operações Especiais (BOE) da Brigada Militar entrará em campo. Depois da série de reportagens Drible na Justiça, na qual Zero Hora revelou como gremistas e colorados ignoram as ordens judiciais, policiais do BOE passarão a portar fotos e dados dos infratores nas entradas do Olímpico e do Beira-Rio.

O esquema já começa a funcionar na noite desta quarta-feira, na partida entre Grêmio e Fluminense, em Porto Alegre.

— Nós, do BOE, somos responsáveis pela segurança dentro dos estádios. Embora não seja da nossa competência fiscalizar os torcedores proibidos de entrar, temos todo o interesse em cooperar. Queremos os brigões bem longe — diz o comandante em exercício do batalhão, major Francisco Vieira.

Em cada um dos portões do Olímpico e do Beira-Rio, o PM encarregado de organizar o policiamento nas catracas terá em seu bolso informações e fotos dos infratores. No jogo desta quarta-feira, portanto, serão 13 policiais com a função adicional de fiscalizar o ingresso de torcedores proibidos de entrar.

Segundo o major Vieira, a iniciativa é uma decisão em conjunto do BOE e dos departamentos de segurança dos clubes – que pediram ajuda ao batalhão após Zero Hora flagrar, no Olímpico e no Beira-Rio, dois jovens proibidos pela Justiça de torcer nas arquibancadas.

Colorado vai à DP pela primeira vez

Após a publicação da reportagem que abriu a série Drible na Justiça, no domingo passado, a 20ª Delegacia de Polícia registrou pela primeira vez a presença do colorado Gabriel Maidana Bassani. Ele se apresentou na DP no horário do jogo do Inter contra o Atlético-GO, ocorrido no Beira-Rio.

Flagrado por ZH torcendo nas arquibancadas, Gabriel está proibido de entrar no estádio pois aceitou a transação penal proposta pela Justiça. Antonio Flávio Valadão de Almeida, também impedido de ir ao Beira-Rio, não foi à DP.


 

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.