Confusão pós-jogo

BM confirma briga generalizada entre torcedores do Grêmio na saída da Arena

Pelo menos 30 pessoas se envolveram em confusão após jogo contra o Caracas, nessa terça

06/03/2013 | 01h31

Uma briga generalizada envolvendo pelo menos 30 torcedores do Grêmio foi registrada pela Brigada Militar na saída da partida contra o Caracas, na Arena, nessa terça-feira. A confusão ocorreu em frente ao Portão G, na ala sul do estádio, entrada para o local onde foram realocados os torcedores que frequentavam o setor de arquibancadas — interditado devido ao incidente ocorrido na partida contra a LDU, pela primeira fase da Libertadores, dia 30 de janeiro, quando torcedores caíram no fosso após a avalanche comemorativa ao gol marcado por Elano.

CRÔNICA DA PARTIDA: Com grande atuação do trio Zé Roberto, Vargas e Barcos, Grêmio goleia o Caracas por 4 a 1 na Arena
MINUTO A MINUTO: Relembre os lances da vitória do Grêmio na Arena
GALERIA DE FOTOS: As imagens do triunfo tricolor sobre o Caracas
SEQUÊNCIA: Como foi o primeiro gol do jogo, marcado por Hernán Barcos

Conforme o capitão do Batalhão de Operações Especiais da BM, Fernando Rodrigues Maciel, as brigas ocorreram em série, em meio ao êxodo de outros torcedores, alheios à confusão.

— Separávamos uma, tinha outra. Tinha mais de 30 pessoas envolvidas. Não conseguimos deter ninguém tamanha a desordem, mas dispersamos a briga. Havia mais de mil torcedores no local — declarou Maciel.

A confusão, de acordo com o capitão, nada tem a ver com a quebra de pelo menos 15 cadeiras da Arena durante o jogo. Para Maciel, o problema no interior do estádio não aconteceu devido a brigas, mas sim porque os torcedores pularam em cima dos assentos para torcer.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.