Três pontos na mala

Sob aplausos, Grêmio chega a Porto Alegre e fala em pés no chão: "Não ganhamos nada"

Cerca de 50 gremistas estavam no aeroporto para receber a delegação após a vitória no Uruguai

14/02/2014 | 18h25
Sob aplausos, Grêmio chega a Porto Alegre e fala em pés no chão: "Não ganhamos nada" Ricardo Duarte/Agencia RBS
Enderson Moreira foi um dos mais aplaudidos na chegada a Porto Alegre Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

O Grêmio cumpriu plenamente a sua missão no Parque Central, em Montevidéu. Encarou os donos da casa, o Nacional, e saiu de lá com os três pontos e a liderança do grupo 6 da Libertadores dividida com os colombianos do Atlético Nacional.

Na chegada a Porto Alegre por volta das 17h desta sexta-feira, cerca de 50 torcedores aplaudiram um a um dos jogadores à medida que eles iam passando pelo saguão do aeroporto. Direção e o técnico Enderson Moreira também foram homenageados. O discurso na chegada foi o mesmo: cautela.

- Foi uma boa vitória, jogamos bem. Mas temos que manter os pés no chão, não adianta nada se não vencermos os dois próximos jogos em casa - disse o assessor de futebol Marcos Chitolina. - Vamos manter os pés no chão, temos consciência que não ganhamos nada ainda - completou Barcos.

Autor do gol da vitória, Riveros foi um dos mais requisitados pelos torcedores para as fotos. Satisfeito com a vitória, ele exaltou o trabalho que os volantes vêm desempenhando no time de Enderson.

- Ele sempre pede para chegarmos à frente, se somar aos homens de ataque - disse.

Sobre isso, Ramiro, que cruzou a bola para o gol do paraguaio, também comentou.

- Eu não sou de cruzar, mas tive a felicidade de acerta na cabeça dele. Todos temos que fazer todas as funções na equipe - disse.

Um dois mais aplaudidos, o técnico gremista voltou a exaltar os três pontos.

- Fundamentais, e isso mostra o trabalho que estamos fazendo para deixar a equipe preparada - disse.

No domingo, o Grêmio já tem novo compromisso. Desta vez entrará em campo pelo Gauchão. Às 16h, na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, a equipe tem como desafio o Esportivo. A tendência é que Enderson Moreira mande um time de reservas para campo.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.