Libertadores

Luiz Zini Pires: Grêmio enfrentará San Lorenzo com torcida

Nos bastidores, os dirigentes da Conmebol falam que a briga envolveu torcedores do clube e não atingiu visitantes estrangeiros

Atualizada em 16/04/2014 | 19h4316/04/2014 | 18h18
Luiz Zini Pires: Grêmio enfrentará San Lorenzo com torcida Ricardo Duarte/Agencia RBS
Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

A Conmebol será dura com o Grêmio. Mas a punição atingirá só o bolso do clube gaúcho.

A partida com o San Lorenzo pelas oitavas de final da Libertadores, dia 30 (uma quarta-feira), será disputada na Arena, de portões abertos e com torcida.

Nos bastidores, no Paraguai, sede da entidade, os dirigentes da Confederação Sul-Americana de Futebol falam que a briga envolveu torcedores do clube e não atingiu visitantes estrangeiros. As autoridades agiram logo, separaram os agressores e ainda os retiraram do estádios e os detiveram.

Acesse e comente no blog do Zini

Apesar da pressão política dos argentinos, poderosos no futebol continente, a Conmebol não vê razão para a Arena receber uma partida com portões fechados.

Cabe agora ao Grêmio ajudar a evitar a entrada dos bandidos, fantasiados de torcedores, no seu estádio.

VEJA TAMBÉM

     
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.