Grêmio fora da Libertadores

"Assumo a responsabilidade", diz Enderson após eliminação

Treinador do Grêmio ressaltou que não faltou empenho ao grupo na disputa da competição

01/05/2014 - 00h59min | Atualizada em 01/05/2014 - 02h43min
"Assumo a responsabilidade", diz Enderson após eliminação Diego Vara/Agencia RBS
Foto: Diego Vara / Agencia RBS  

Após a eliminação para o San Lorenzo nas oitavas de final da Libertadores, o técnico Enderson Moreira assumiu a responsabilidade pela frustração que se abateu sobre os gremistas. Segundo ele, a equipe teve dificuldades no primeiro tempo, mas melhorou no segundo. Apesar disso, considera que o clube merecia o resultado positivo.

> "Frustrante", resume Zé Roberto sobre eliminação do Grêmio
> Barcos: "Nos 90 minutos, tínhamos que ter ganhado"
> Dudu é o melhor em campo na eliminação do Grêmio
> "O Grêmio errou no planejamento", diz Fábio Koff


— Assumo a responsabilidade daquilo que eu tenho consciência de ser o responsável. Tento fazer do melhor jeito possível. Não gostei do primeiro tempo. Tecnicamente, a equipe não jogou bem. No segundo tempo, sim, melhorou. A gente merecia o resultado, mas futebol é assim. Nem sempre é justo — afirmou em entrevista coletiva.

Enderson garantiu que não se preocupa com uma possível demissão do comando do Grêmio. Reforçou que não faltou empenho ao elenco, mas, mesmo assim, fica a decepção pela eliminação da principal competição do continente.



— Eu nunca me preparo para aquelas coisas que são normais no futebol. Vou fazer meu trabalho até o dia que a direção entender que eu devo permanecer. Desde o momento em que pisei aqui, sempre houve pressão. E isso faz parte da minha vida. Quem não quer sentir pressão que não assuma o comando de um time como o Grêmio — frisou.

Mais uma vez, a torcida lamenta a perda de um título. O treinador ressaltou a qualidade do grupo para passar em primeiro lugar naquele que foi considerado o "grupo da morte" na primeira fase:

— A equipe enfrentou todos os adversários, independente do local, com entrega, disposição. Eu sinto muito mesmo. A decepção foi plena, total. Queria agradecer a torcida pela apoio e a entrega dos jogadores. Eu sei que o torcedor tem uma ansiedade. Gostaríamos de poder conquistar títulos no primeiro semestre. No mata-mata, isso acontece. A gente tem que tocar a vida.

Confira outros assuntos tratados por Enderson na coletiva:

Chances desperdiçadas

"Acho que foi um confronto equilibrado, mas confesso que tivemos muito mais oportunidade de gol. Faltou, às vezes, lucidez. Talvez maturidade, concentração. Em jogos como esse, o jogador pode sentir um pouquinho."

Direção

"Temos uma parceria, estamos sempre conversando, não posso falar por eles. Sempre olhamos olho no olho e podemos falar o que pensamos. Não tenho nenhum arrependimento em minha vida. Me dedico de corpo e alma naquilo que eu faço. Para mim, foi muito difícil conseguir um espaço nesse meio."

Ambiente no vestiário

"É só olhar para o jogo e ver o que esses caras fizeram hoje. Então, isso (corpo mole) ninguém pode falar que aconteceu. Sempre tivemos um vestiário de extrema qualidade, paz. Fizemos, sim, o que tinha que ser feito. Só peço para sair se não tiver um bom ambiente de trabalho."

Campeonato Brasileiro

"É muito difícil falar o que vai acontecer. Às vezes, as coisas não acontecem. Não tem como a gente imaginar. Vamos sentir essa noite, essa madrugada. Amanhã a vida segue. A gente deu demonstrações de momentos difíceis de muita superação, de muita entrega. Tivemos um momento difícil no Gre-Nal, mas conseguimos nos recuperar. Acredito que a gente esteja no caminho certo. Tenho convicção disso."

Contratações

"Temos que estar sempre atentos ao mercado. Podemos buscar atletas que podem agregar valor a equipe. Não se pode encerrrar o ciclo de captação de atletas."

Notícias Relacionadas

Opinião 01/05/2014 | 00h57

Diogo Olivier: dor e reflexão na eliminação do Grêmio

Colunista de Zero Hora analisa a eliminação tricolor diante do San Lorenzo

Opinião 01/05/2014 | 00h40

David Coimbra: quem poderia fazer gols pelo Grêmio?

Colunista de Zero Hora analisa a eliminação tricolor diante do San Lorenzo

Opinião 01/05/2014 | 00h36

Wianey Carlet: a "mala suerte" do Grêmio

Colunista de Zero Hora analisa a eliminação tricolor diante do San Lorenzo

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.