Acabou

Os 10 momentos de Enderson no comando do Grêmio

Técnico deixou o cargo na noite deste domingo

28/07/2014 | 00h21
Os 10 momentos de Enderson no comando do Grêmio Bruno Alencastro/Agencia RBS
Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

Enderson Moreira deixou o cargo de técnico do Grêmio na noite deste domingo. Após a derrota por 3 a 2 para o Coritiba, o treinador chegou a um acordo com a direção para sair do clube. Contratado em dezembro de 2013, treinou o time em 35 jogos e não conquistou nenhum título — foi vice-campeão gaúcho e eliminado nas oitavas de final da Libertadores.

Relembre os 10 momentos de Enderson no Grêmio:

1. Apresentação com elogios

enderson01

Foto: Jean Pereira/Agência RBS

Na tarde de 16 de dezembro de 2013, Enderson Moreira foi apresentado como novo técnico do Grêmio — clube ao qual se referiu como "gigante do futebol brasileiro" com a expectativa de grandes conquistas.

— Eu farei, junto com toda comissão técnica, o máximo para que as conquistas venham e que a gente possa sempre colocar o Grêmio no lugar mais alto de qualquer competição — declarou.

2. Estreia promissora na Libertadores

enderson02

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A largada do Grêmio sob o comando de Enderson na Libertadores não poderia ser mais empolgante: vitória de 1 a 0 contra o Nacional, em Montevidéu, dia 13 de fevereiro. A partida contou com atuações destacadas dos jovens Wendell e Luan, e muitos elogios ao espírito combativo cultivado pelo treinador.

3. Goleada de 4 a 1 no Gre-Nal

enderson03

Foto: Jefferson Botega/Agência RBS

Em 13 de abril, no confronto com o rival Inter pelo título do Gauchão, o técnico gremista experimentou um de seus piores momentos: derrota com goleada de 4 a 1 no Estádio Centenário, com direito a gritos de olé da torcida colorada. Enderson declarou que não viu "vexame" no resultado.

4. Vaias e gritos de "burro" no Brasileirão

enderson04

Foto: Charles Guerra/Agência RBS

O treinador estreou no Brasileirão enfrentando o Atlético-PR e viu a paciência da torcida se esgotar ainda mais. Enquanto a equipe perdia por 1 a 0, teve de ouvir vaias e gritos de "burro". Ele chegou a aplaudir quem o vaiava ao sair de campo.

— Era no sentido de chamar o torcedor para nos ajudar — explicou.

5. Comemoração após primeira fase

enderson05

Foto: Jefferson Botega/Agência RBS

A classificação para as oitavas de final da Libertadores com a segunda melhor campanha geral do torneio deixou Enderson Moreira satisfeito com o rendimento da equipe. Em entrevista coletiva após a vitória contra o Nacional em casa, declarou que o time fez uma "grande campanha", mas avisou: "queremos mais".

6. Eliminação em casa na Libertadores

enderson06

Foto: Diego Vara/Agência RBS

O cenário estava pronto para uma festa em 30 de abril: Arena lotada e vitória gremista no tempo normal por 1 a 0, que empurrara a decisão das oitavas-de-final da Libertadores para os pênaltis. Mas o time perdeu para o San Lorenzo. O técnico assumiu a responsabilidade e foi mantido no cargo.

7. Cargo em xeque às vésperas da Copa

enderson07

Foto: Bruno Alencastro/Agência RBS

Uma sucessão de resultados ruins, que deixou o Grêmio em sexto lugar no Brasileirão após empatar com o Palmeiras em Caxias do Sul, aumentou a pressão sobre o técnico antes do recesso da Copa do Mundo. Ele deixou claro que já não considerava impossível uma demissão:

— O dia que a direção quiser, vai trocar — declarou.

8. Mudanças na intertemporada

enderson08

Fotos: Ricardo Duarte/Agência RBS

Durante o recesso provocado pela Copa do Mundo, o técnico aproveitou para remodelar o time. Enquanto jogadores como o volante Edinho e o zagueiro Bressan perderam espaço, outros como Saimon, Alán Ruiz e Geromel somaram pontos com o treinador durante os 45 dias de parada.

9. Atrito com dirigentes

enderson09

Foto: Mauro Vieira/Agência RBS

Em razão do baixo aproveitamento do ataque tricolor, os vice-presidentes Nestor Hein e Romildo Bolzan Jr criticaram a escassez de gols e o pouco aproveitamento do jovem Lucas Coelho. O treinador respondeu que muitas vezes os dirigentes "pensam como torcedor" e que preferia manter suas convicções "e ser chamado de burro do que mudar pela opinião de um ou outro".

10. Demissão após virada em casa

enderson10

Foto: Bruno Alencastro/Agência RBS

Na noite de domingo, a sorte do treinador gremista parecia estar melhorando quando Barcos fez dois gols e virou a partida em que o Grêmio saiu perdendo. Mas o Coritiba virou o jogo novamente e venceu por 3 a 2 em plena Arena. Pouco mais de sete meses após ser anunciado, Enderson Moreira deixou o tricolor.

*ZHESPORTES

Acompanhe o Grêmio no Brasileirão através do Gremista ZH. Baixe o aplicativo:

App Store

Google Play

A passagem de Enderson Moreira pelo Grêmio em imagens:

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.