Exemplos

Para Marcelo Grohe, costarriquenho Navas foi o melhor goleiro da Copa

Camisa 1 do Grêmio ainda destacou Neuer, da Alemanha, Ochoa, do México, e Howard, dos EUA

14/07/2014 | 19h31
Para Marcelo Grohe, costarriquenho Navas foi o melhor goleiro da Copa Matheus Beck/Agencia RBS
"Com certeza foi a Copa dos goleiros", definiu Marcelo Grohe Foto: Matheus Beck / Agencia RBS

A Copa das Copas foi, para o goleiro gremista Marcelo Grohe, a "Copa dos Goleiros". O arqueiro tricolor destacou vários jogadores e espera aprender um pouco de cada um para, em breve, ocupar a posição na Seleção Brasileira.

Os três representantes brasileiros no Mundial têm mais de 31 anos. No processo de renovação, é possível que o espaço seja aberto para a nova geração. Grohe, ainda com 27, quer aproveitar a oportunidade e recuperar um ciclo iniciado — e interrompido — em 2007.

— Não tive continuidade na minha equipe, no caso, o Grêmio, e consequentemente não consegui dar sequência naquele momento para almejar a Seleção. Mas é uma forma de aprender. A Alemanha veio com uma base do último Mundial e conseguiu colocar jogadores novos. A nossa Seleção teve poucos jogadores que já jogaram Copa do Mundo. Acho que, com a experiência de quem jogou esta Copa, vai melhorar para a próxima — diz Marcelo.

Leia mais notícias sobre o Grêmio
Confira a tabela do Brasileirão

O goleiro destacou a participação de Neuer, o muro do Bayern de Munique, principalmente na cobertura e saída com os pés. Grohe tem a expectativa de incorporar essa característica do colega alemão para, segundo ele, ajudar a pressionar o adversário sem a preocupação de sofrer com os lançamentos em profundidade.

— Foi uma Copa maravilhosa. Valeu a pena parar para olhar cada jogo. Gostei muito de ver o Neuer jogando. É uma característica que ajuda muito a equipe. Se for preciso, posso fazer essa intervenção — assegura.

Do Palmeiras ao Goiás, o que mudou no Grêmio que volta ao Brasileirão
Grêmio terá de pagar multa, mas não perde manda de campo

Embaixo das traves, porém, ninguém foi melhor que Keylor Navas, goleiro da Costa Rica, de acordo com Marcelo Grohe:

— Na posição de goleiro, foi o que mais se destacou. O Neuer chamou a atenção mais na função de líbero. O Ochoa também fez uma grande Copa do Mundo. Ajudou o México a chegar às oitavas (de final). E o Tim Howard, dos Estados Unidos, se pudesse escolher mais um. Com certeza foi a Copa dos goleiros.

Confira o que mudou nos 20 clubes da Série A:

ZH Esportes

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.